Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

Utilizando a cogestão, Três Passos adota protocolos da bandeira vermelha nesta semana

Detalhes foram repassados pelos representantes da administração municipal, durante live na tarde desta terça-feira (23)

23 de fevereiro de 2021
Marcia Gintzel, Pastor Ipê e Carlaile Hörbe (Foto: Prefeitura de Três Passos / Divulgação)

Em live na tarde desta terça-feira (23), a administração municipal de Três Passos anunciou a decisão de aplicar a cogestão, no âmbito do Plano de Distanciamento Controlado do Estado, optando por adotar protocolos de bandeira vermelha, já que a região Covid Palmeira das Missões foi classificada em bandeira preta, na 42ª rodada do plano de distanciamento, mas o governo do estado autorizou que os municípios pudessem continuar aplicando o sistema de cogestão, que permite a adoção de critérios da bandeira mais branda.

A live teve a participação do vice-prefeito e presidente do Comu-Covid, Pastor Rodrigo Ipê, do procurador-geral do município, Carlaile Hörbe, e da secretária de Saúde, Marcia Gintzel.

Questão dos recursos às bandeiras do distanciamento controlado
O procurador-geral do município explicou, durante a live, que a apresentação de recurso ao comitê de crise do governo estadual, após o anúncio das bandeiras preliminares (que acontece às sextas-feiras), é realizado pelo comitê regional, no âmbito da região Covid Palmeira das Missões.

“Eventualmente o município pode apresentar recurso. Tem alguns requisitos que precisam ser atendidos para apresentação dos recursos e os dados, tanto da região, como os indicadores do município, não eram favoráveis para o recurso”, ressaltou Carlaile, referindo-se à 42ª rodada do Plano de Distanciamento do Estado.

Funcionamento de estabelecimentos não essenciais terá restrições
O Decreto Estadual nº 55.766/2021 foi publicado ontem pelo governo estadual, prevendo as atividades e o formato que cada atividade deve obedecer neste momento, no que se refere à bandeira vermelha.

A nova decisão do governo estadual é de que entre 20h e 5h do dia seguinte, toda e qualquer atividade considerada não essencial, não poderá ter funcionamento. Apenas os restaurantes e lancherias poderão manter o sistema de tele-entrega ou pegue-leve, das 20h às 24h.

O procurador-geral do município, Carlaile Hörbe, trouxe uma série de exemplos sobre o funcionamento de alguns estabelecimentos:

– Restaurantes, bares ou lancherias. Esses estabelecimentos podem continuar funcionando, com 50% de seus trabalhadores e 25% da lotação. Restaurantes em beira de estrada, podem ter até 50% de lotação.

– Comércio varejista não essencial, como as lojas de rua, além de estabelecimentos como mercados, açougues e fruteiras, poderão trabalhar com a lotação de uma pessoa a cada seis metros quadrados.

– Postos de combustíveis, podem funcionar com a presença de uma pessoa a cada seis metros quadrados.

– Indústrias podem manter até 75% dos trabalhadores, em via de regra.

– Cinema não poderá manter suas atividades neste momento, enquanto vigorar a bandeira vermelha.

– Academias podem manter até 25% dos trabalhadores e 25% da lotação.

– Jogos de futebol, jogos de bocha e jogos de carta, não podem acontecer neste momento, sob bandeira vermelha.

– Clubes sociais podem funcionar com até 25% dos seus trabalhadores e 25% da lotação do espaço.

– Piscinas podem ser abertas apenas para atividades de manutenção física, como natação, hidroginástica e fisioterapia. Para o lazer, as piscinas precisam ser fechadas.

– Cabeleireiros e barbeiros, podem manter atendimento individualizado, por ambiente.

– Missas e cultos podem ter até 30 pessoas presentes ou até 20% da capacidade do local, respeitando o distanciamento social.

Serviços de tele-entrega podem funcionar das 20h às 24h
Os serviços de tele-entrega dos restaurantes podem ser mantidos após às 20h, com limite até às 24h.

Também pode haver o serviço pague-leve, ou seja, retirada dos produtos pelo cliente. Mas não podendo haver consumo no local, após às 20h.

Supermercados podem atender os clientes que entraram antes das 20h, até o limite das 21h
Os supermercados possuem uma exceção: clientes que tenham ingressado no estabelecimento antes das 20h e que ainda estejam no local após este horário, poderão finalizar suas compras até às 21h.

Serviços considerados essenciais e que não sofrem restrição de horários
Muitas atividades não precisarão paralisar seus serviços no período das 20h às 5h. São as atividades consideradas essenciais, tais como: farmácias, hospitais, funerárias, postos de combustíveis, agropecuárias, veterinárias, assistência social,

Volta às aulas
O município vai adotar o sistema híbrido de ensino. O ano letivo iniciou na segunda-feira, dia 22 de fevereiro, de forma remota. A volta às aulas presenciais se dará de forma gradativa e escalonada, com uma semana presencial e a outra em casa.

Há uma previsão de retorno de aulas presenciais na rede municipal de ensino, para o dia 15 de março, a depender da bandeira vigente na semana e observando um número máximo de alunos que represente até 50% da capacidade da sala de aula.

Para a escola de turno integral (Complexo Escolar Professor José Luis Rhoden), serão atendidos de forma presencial os estudantes por até meio turno.

Caminhadas e pedais podem seguir acontecendo após às 20h
O procurador-geral do município foi enfático em destacar que não há uma proibição de circulação de pessoas após às 20h. O que não pode acontecer são aglomerações. Portanto, caminhadas e praticantes de ciclismo, poderão seguir realizando suas atividades, mesmo após às 20h.

Unidade Sentinela não foi desativada e passa a atender no hospital, sendo chamada de Ponto de Coleta Covid
A secretária de Saúde do município, Marcia Gintzel, ressaltou à comunidade que a Unidade Sentinela não foi desativada, mas que apenas teve o seu local de prestação de serviços alterado: do antigo posto de saúde do Bairro Erico Veríssimo, passou a partir desta semana a operar junto ao Hospital de Caridade.

É neste local, denominado como Ponto de Coleta Covid, que os pacientes que necessitarem realizar coleta de exame, por apresentarem sintomas compatíveis com a Covid-19, serão encaminhados, após agendamento pela Unidade Básica de Saúde de referência do paciente.

Havendo algum tipo de sintoma, o paciente deve primeiramente manter contato com o seu posto de saúde de referência, fazer o contato por telefone, agendar uma consulta. Havendo necessidade de testagem, será agendado um horário, para que o paciente se dirija até o Ponto de Coleta Covid, no hospital, e realize o procedimento.

Caso os sintomas se manifestem fora do horário de expediente dos postos de saúde, ou nos finais de semana e feriados, deve-se procurar o Hospital de Caridade.

Capacidade de testagem

De acordo com a secretária, os testes realizados por pacientes do município são enviados para análise em dois locais: Passo Fundo, onde há livre demanda, e para o laboratório da Unijuí – Unilab, onde podem ser encaminhados até dez exames por dia.

Também são realizados os testes-rápidos, no Ponto de Coleta Covid, através de agendamento. “A demanda varia, conforme a necessidade que as unidades de saúde têm”, destaca Marcia.

Fonte: Rádio Alto Uruguai

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2021 ® - Todos os direitos reservados