UE confirma o embargo de 20 unidades do Brasil exportadoras de carne de aves – Rádio Alto Uruguai | FM 92,5 – FM 106,1
Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

UE confirma o embargo de 20 unidades do Brasil exportadoras de carne de aves

Bloco não acatou os apelos do governo na semana passada e anunciará, entre hoje e amanhã, o descredenciamento de nove unidades da BRF da lista de exportadores

19 de abril de 2018
UE aponta deficiências detectadas no sistema de controle oficial brasileiro (Crédito: Agência Brasil)

A Comissão Europeia confirmou nessa quinta-feira (19), o embargo de carnes e produtos derivados fabricados por 20 estabelecimentos brasileiros. As empresas entraram na lista negra da União Europeia por unanimidade em razão de “deficiências detectadas no sistema oficial de controle brasileiro”. A suspensão atinge principalmente a exportação de carne de aves das unidades da BRF, dona das marcas Perdigão e Sadia.

A proibição deve entrar em vigor 15 dias após a publicação da medida no Diário Oficial da União Europeia, o que deve acontecer nessa sexta-feira. Em um comunicado, Bruxelas afirmou: “Nós confirmamos que os países-membros votaram (por unanimidade) em favor de retirar da lista 20 estabelecimentos brasileiros dos quais carne e produtos derivados são hoje autorizados”.

A decisão foi tomada após parecer do Sistema Especializado de Controle de Mercado da União Europeia (Traces). Desde 2017, o órgão estudava que medidas tomaria após o escândalo revelado pela operação Carne Fraca, da Polícia Federal, que apontou fraudes no sistema de controle de qualidade brasileiro.

A BRF teve oito unidades com exportação suspensa de produtos de aves para a União Europeia há cerca de um mês pelo próprio Ministério da Agricultura. A medida foi adotada pelo Brasil para se antecipar aos países europeus, que já haviam ameaçado suspender todas as importações após a Operação Trapaça, que revelou um esquema de fraudes na análise da bactéria salmonela em lotes. Esta semana, porém, a pasta suspendeu o autoembargo e disse que o Brasil vai recorrer à Organização Mundial do Comércio (OMC) contra a decisão da União Europeia.

Segundo o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, o bloco não acatou os apelos do governo na semana passada e anunciará, entre hoje e amanhã, o descredenciamento de nove unidades da BRF da lista de exportadores. Maior processadora de alimentos do País, a empresa é também a maior exportadora de carne de frango do mercado brasileiro.

Fonte: Jornal do Comércio

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2018 ® - Todos os direitos reservados