Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

Três Passos: Primeiras 90 doses de vacinas contra a Covid-19 para crianças começam a ser aplicadas na quarta-feira

Vacinação acontecerá no CIAC/SUS sob agendamento prévio

18 de janeiro de 2022

O setor de imunizações da Secretaria de Saúde de Três Passos recebeu, em uma primeira remessa, 90 doses para aplicar em crianças de 5 a 11 anos de idade, com comorbidades. A aplicação do imunizante será no período da manhã, na quarta-feira (19) e na sexta-feira (21), junto à Sala de Vacinações no CIAC/SUS, através de agendamento pelo fone 3522-0436.

Conforme a enfermeira e coordenadora de vacinação do Município, Rejane Ceolin, a aplicação de doses em crianças será realizada somente no período da manhã, das 7h30min às 11h30min, com agendamento prévio para melhor organização. “As comorbidades deverão ser comprovadas em instantes antes da criança receber a vacina”, completou.

Os demais jovens, adultos e idosos que precisam receber a primeira, segunda ou terceira dose, poderão seguir  ser feita normalmente, no entanto, única e exclusivamente nesta quarta e sexta-feira, somente no período da tarde, das 13h às 16h.
Dúvidas podem ser sanadas através do 3522-0436, no CIAC/SUS.

LISTA DE COMORBIDADES A SEREM CONSIDERADAS PARA VACINAÇÃO

Obesidade Grave

– Apresentar atestado Médico/Declaração profissional da saúde (técnico de enfermagem, médico, enfermeiro ou nutricionista) – peso e altura colocado na Curva de IMC.

Pneumopatias Crônicas Graves: Asma, Displasia Broncopulmonar, Doença pulmonar obstrutiva crônica, Fibrose cística, Fibroses pulmonares, Pneumoconioses e Displasia broncopulmonar.

– Apresentar Exame de espirometria, receita de corticóide de uso contínuo ou broncodilatador de longa duração de até 3 meses de antecedência, alta hospitalar ou atestado médico com descrição clínica e justificativa para priorização na vacinação.

Imunodeprimidos: Doença Congênita/Rara/Genética/Autoimune; Neoplasias ou outras condições que prejudiquem a resposta imunológicas no momento atual (em tratamento); Doenças reumatológicas com uso de medicamentos imunossupressores; Pessoa vivendo com HIV; Neoplasias ou doenças hematológicas em tratamentos ou que justifiquem imunossupressão.

– Atestado Médico ou exame comprobatório da doença.

Hemoglobinopatia grave

– Atestado médico OU hemograma e eletroforese de hemoglobina.

Doença cardiovascular: Cardiopatias nas quais o quadro clínico cause comprometimento sistêmico; Insuficiência cardíaca; Cor-pulmonale e Hipertensão pulmonar; Cardiopatia Hipertensiva; Síndromes coronarianas; Valvopatias; Miocardiopatias e Pericardiopatias; Doença da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas; Arritmias cardíacas; Cardiopatias congênitas; Próteses valvares; Dispositivos Cardíacos Implantados.

– Atestado médico e/ou exame de imagem ou outros exames comprobatórios.

Doença neurológica crônica: Doença neurológica com comprometimento de deglutição ou situação que aumente risco de doença pulmonar ou doença cardiovascular; Acidente Vascular Encefálico; Mielite Transversa; Paralisia cerebral com descrição de limitações.

– Atestado médico com descrição clínica e comprometimentos.

Diabete Mellitus: Diabete Mellitus (Tipo1); Crianças com condição insulino-dependente.

– Receita de insulina e/ou dosagem de hemoglobina glicada alterada.

Doença Renal crônica: Doença renal crônica estágio 3 ou mais (taxa de filtração glomerular < 60ml/min/1,73 m2) e/ou síndrome nefrótica.

– Atestado médico com descrição clínica.

Síndrome de Down

Cirrose Hepática

– Atestado médico com descrição clínica.

Fonte: Rádio Alto Uruguai

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2022 ® - Todos os direitos reservados