Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

Três Passos: Plantão do Hospital de Caridade terá atendimento no final de semana

3 de abril de 2018

A reportagem da Rádio Alto Uruguai entrou em contato com a vice-presidente do Hospital de Caridade de Três Passos, Lélia Müller, após ouvintes encaminharem relatos, na manhã desta sexta-feira, dando conta da falta de médico plantonista na casa de saúde, na quarta-feira à noite.

 

Ela confirmou que de quarta para quinta-feira desta semana, a instituição ficou sem um profissional plantonista para atendimento dos usuários do SUS. Cada plantonista cumpre uma jornada de12 horas (no período das 19h às 7h).

 

De acordo com as informações repassadas à nossa reportagem, durante o período que não havia plantonista disponível, a equipe de enfermagem fez uma triagem e os casos de maior urgência foram atendidos por um profissional, chamado excepcionalmente, mas que não estava na escala.

 

De acordo com Lélia, em virtude do feriado no meio de semana, houve uma dificuldade para a realização da escala de trabalho. O hospital está buscando a contratação de novos profissionais para a função de plantonista, mas não está conseguindo encontrar interessados.

 

O médico Marcelo Konrad, um dos profissionais que presta o serviço de plantão no hospital, diz que a instituição conta com cerca de sete profissionais, porém, quatro deles residem em outras cidades, dependendo de ajustes de logística e de disponibilidade. Segundo ele, o hospital está com uma pendência de quatro meses no pagamento de profissionais médicos, referente ao ano de 2016, e mais quatro meses de atraso em 2017. “Esse fato colabora para dificultar ainda mais a contratação de novos profissionais”, relatou. Um dos motivos do atraso é a falta de repasse de recursos integrais por parte do governo do Estado, e de forma contínua, o que vem estrangulando financeiramente as instituições hospitalares filantrópicas. Os demais funcionários do hospital estão com os salários de um mês e meio em atraso.

 

Konrad também destaca o número alto de atendimentos no pronto-socorro, que chega a uma média de 50 a 70 consultas, tornando o sistema deficitário. “Há uma defasagem de cerca de dez anos nos valores da tabela do SUS”, afirma.

 

Fim de semana terá atendimento normal
Para tranquilizar a comunidade, Lélia Müller e o próprio médico Marcelo Konrad, destacaram que nesta sexta-feira e no final de semana o plantão do hospital terá seu funcionamento normal.

 

Eles pedem a compreensão da comunidade para que procurem o atendimento naqueles casos em que realmente há urgência ou emergência, deixando para buscar na rede básica de saúde do município, ao longo da semana, a resolução de casos de menor gravidade.

 

Rádio Alto Uruguai

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2020 ® - Todos os direitos reservados