Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

Três Passos: Paróquia Santa Inês com atividades voltadas à Campanha da Fraternidade

3 de abril de 2018

O padre Rudinei da Rosa, da paróquia Santa Inês, de Três Passos, concedeu entrevista à Rádio Alto Uruguai na manhã desta terça-feira (20), falando principalmente sobre a Campanha da Fraternidade 2018. Padre Rudinei, que no próximo domingo assumirá o posto de pároco no município, em função do afastamento do padre Helio Welter, que enfrenta grave problema de saúde nos últimos meses.

 

De acordo com o religioso, a paróquia pretende dar um enfoque especial à Campanha da Fraternidade deste ano, que debate como tema central a superação da violência. Realizada todos os anos pela Igreja Católica no Brasil durante o período da quaresma, a campanha é coordenada pela CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil).

 

O principal objetivo é despertar a solidariedade de todos os seus fiéis e também da sociedade brasileira, em um problema que envolve todos, buscando assim uma solução para resolver determinados problemas. Todos os anos, são escolhidos temas, e o Tema da Campanha da Fraternidade 2018 é: “Fraternidade e superação da violência”, tendo como lema, “Em Cristo somos todos irmãos (Mt 23,8)”.

 

Para o padre Rudinei, “a principal ideia é a construção da fraternidade através da cultura da paz, da reconciliação e da justiça, à luz da palavra de Deus, como caminho de superação da violência”.

 

Ele explica que o texto-base da campanha se organiza a partir do método: ver, julgar e agir, propondo um olhar para a atual realidade e para as diversas formas em que a violência age na sociedade: contra a mulher, contra a juventude, no trabalho, no trânsito, na religiosidade, entre outras.

 

A igreja tem o objetivo de reunir as instituições políticas e públicas para a realização de um debate sobre dinâmicas de enfrentamento. “Todo o trabalho da igreja é um trabalho de combate à violência, através de divulgação da palavra de Deus”, destaca o sacerdote. Hoje, o trabalho da igreja abrange o atendimento às comunidades, às famílias, aos doentes, em atividades que buscam a ação e a reconciliação. “Não há caminho para a paz sem o perdão”.

 

Em Três Passos, o padre Rudinei propõe um seminário para debater e aprofundar os conhecimentos sobre o método APAC (Associação de Proteção e Assistência aos Condenados), que vem sendo articulado desde o ano passado por um grupo de trabalho no município, e que se caracteriza como uma política social e de segurança.

 

A partir de uma nova metodologia para o cumprimento de penas privativas de liberdade, a APAC busca ser uma alternativa viável para diminuir o caos do sistema penitenciário brasileiro.

 

A proposta em Três Passos é aproximar as esferas públicas que trabalham na área da segurança pública, além das entidades que trabalham no acolhimento das vítimas, para que seja realizada uma discussão em comum, ampliando o conhecimento a respeito dessa iniciativa. “Debater as formas em que se está sendo combatida a violência e aprimorar uma alternativa para um dos maiores problemas da atualidade no país, que é o sistema penitenciário, que apresenta uma série de fragilidades, de pouca estrutura, e que acaba favorecendo o aumento da insegurança e da violência”, afirmou.

 

Outras metas da paróquia em Três Passos são a retomada de celebrações de missas no presídio e a reorganização do trabalho da pastoral carcerária, a partir de um trabalho de contato com os detentos e com as famílias.

 

Durante o período da campanha, nas sextas-feiras, acontecerão celebrações da Via Sacra, a partir de um manual diferente, rezando pela condição humana, os crimes, as vítimas e as lideranças que estão buscando a aplicação da lei.

 

Missa todos os dias na igreja matriz. Uma das novidades apresentadas pelo novo pároco

O padre Rudinei da Rosa assume como novo pároco da Igreja Católica, em Três Passos, durante missa que será celebrada no próximo domingo, dia 25, a partir das 9 horas da manhã, com a presença do bispo da diocese de Frederico Westphalen, dom Antonio Carlos Rossi Keller. “A paróquia deve naturalmente adquirir uma nova dinâmica de trabalho, com novos olhares e ações”, afirmou.

 

Uma das primeiras novidades apresentadas pelo padre Rudinei, deve ser colocada em prática já na segunda-feira, dia 26, um dia após sua posse. Trata-se da celebração de uma missa diária, em horário alternativo, às 7 horas da manhã. “A celebração acontecerá em um altar lateral, dentro da igreja matriz, como uma forma de abençoar a cidade e pedir bênçãos a todos aqueles que estão iniciando o seu dia”. Para o padre Rudinei, “as pessoas precisam saber que todos os dias teremos um sacerdote rezando por todas as famílias do município. Pelo menos uma missa por dia, rezando pela cidade”, destacou.

 

Rádio Alto Uruguai

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2021 ® - Todos os direitos reservados