Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

Três-passense que enfrenta um tipo raro de câncer pede apoio à comunidade

Anderson Back, de 30 anos, enfrenta um linfoma hepato esplênico. Ele pede colaboração financeira ou doação de medula para banco de dados Redome

25 de junho de 2020
Anderson e sua família (Foto: Arquivo pessoal)

O três-passense, Anderson Back, de 30 anos, está tendo de lutar contra um tipo raro de câncer. Sua irmã entrou em contato com a Rádio Alto Uruguai, para buscar ampliar uma campanha virtual que busca a generosidade de outras pessoas da comunidade para que possa adquirir medicamentos e poder se manter e manter sua família, durante o tratamento.

Atualmente, ele está residindo em Florianópolis (SC), estando afastado das atividades de trabalho, pois passa por um tratamento de saúde muito grave. “Devido à pandemia e à minha saúde debilitada, me encontro em isolamento, pois minha imunidade está muito baixa”, destaca Anderson.

Ele está realizando o tratamento de um linfoma hepato esplênico (um tipo de câncer). Linfomas esplênicos primários são neoplasias malignas que ocorrem em menos de 1% dos pacientes com linfoma. São raramente diagnosticados porque não causam sintomas até a sua disseminação. “Graças a Deus, o meu apresentou dores. Logo pude ser internado e descobrir, através de biópsia”, conta ele.

Anderson vai precisar comprar remédios que não estão disponíveis na rede pública de saúde e também necessitará de deslocamentos praticamente diários ao hospital, para os procedimentos de quimioterapia, exames e consultas. “Tive que interromper minhas atividades de trabalho, sou casado, tenho dois filhos, o Guilherme, de 4 anos, e a Helena, recém nascida, com um mês de vida. Minha esposa também está afastada do trabalho, pelo auxílio-maternidade, e com isso a situação está mais difícil, por isso necessito tanto de qualquer ajuda disponível. Agradeço a todos pela corrente de orações, e por toda ajuda que estou ganhando”, ressalta Anderson.

Para ajudar financeiramente, a contribuição pode ser feita através de uma “Vaquinha Virtual”, que foi criada pela família de Anderson e está cadastrada no nome de sua esposa: Jocemari Mariano.

CLIQUE AQUI e veja como você pode contribuir. Todo valor é importante e muito bem-vindo.

Anderson faz parte do banco de dados Redome (Registro de Doadores Voluntários de Medula Óssea), e precisa o quanto antes de transplante de medula óssea. Quem quiser também pode ajudar fazendo seu cadastro no Redome. É muito simples: basta apenas uma coleta de sangue para exames e já está pronto.

“Sempre fui doador de sangue, plaquetas e plasma. Também sou cadastrado no Redome e era doador voluntário de medula óssea, mas hoje sou eu quem preciso de doação”, apela.

Anderson é filho do casal Deoclides Back (popular Mineiro) e Loiva Heck Back, que residem em Três Passos, no bairro Pró-Morar.

CLIQUE AQUI E PARTICIPE DA VAQUINHA VIRTUAL, EM BENEFÍCIO A ANDERSON BACK

Fonte: Rádio Alto Uruguai

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2020 ® - Todos os direitos reservados