Temporal causa estragos em Humaitá, Nova Candelária e Boa Vista do Buricá – Rádio Alto Uruguai | FM 92,5 – FM 106,1
Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

MANCHETES

Temporal causa estragos em Humaitá, Nova Candelária e Boa Vista do Buricá

Em Humaitá, os danos foram nas localidades de Sanga Freitas e Sanga Severino. Em Nova Candelária, na localidade de São Miguel do Reúno e, em Boa Vista do Buricá, na cidade e em Linha Gaúcha.

24 de janeiro de 2019
Residência em São Miguel do Reúno, interior de Nova Candelária, praticamente toda destelhada. (Foto: Ouvintes/WhatsApp)

Propriedades do interior de Humaitá, Nova Candelária e Boa Vista do Buricá registraram estragos pelo temporal ocorrido no fim da tarde desta quarta-feira. A chuva veio acompanhada de vento forte e granizo.

Em Sanga Freitas, na propriedade de Helenice Majolo, o granizo causou estragos em uma lavoura de milho e numa área de pastagem. A família ainda não mensurou o tamanho do prejuízo, porém, um número significativo de espigas foi derrubado. Um galpão da propriedade também teve algumas telhas quebradas. Em Sanga Severino, na propriedade de Josemeri Spies, houve o destelhamento parcial da residência e do galpão, além de prejuízos em lavouras e na horta. Até às 9h, a energia ainda não havia sido restabelecida em Sanga Freitas e Sanga Severino.

No interior de Nova Candelária, relatos de ouvintes e imagens repassadas à nossa reportagem indicam o destelhamento quase total de uma residência na localidade de São Miguel do Reúno. A Secretaria de Obras de Nova Candelária, no início da manhã, não havia recebido nenhum chamado.

Casa é destelhada em São Miguel do Reúno. (Foto: Ouvinte/WhatsApp)

Em Boa Vista do Buricá, na localidade de Linha Gaúcha, árvores de grande porte caíram sobre uma estrada e bloqueiam o trânsito. Segundo a Secretaria Municipal de Obras, foi necessário acionar uma empresa de serraria para retirar os pés de eucalipto, pois as máquinas da prefeitura não são suficientes para serrar as madeiras.

No centro de Humaitá choveu entre a tarde de quarta-feira e manhã desta quinta, 42 milímetros no centro da cidade. Falta energia elétrica desde a noite passada em alguns pontos da cidade. Às 9h30min da manhã desta quinta-feira, o fornecimento ainda não havia sido restabelecido nesses locais.

Estragos são registrados em lavoura de milho na propriedade da família Majolo, em Sanga Freitas. (Foto: Ouvinte/WhatsApp)

Fonte: Rádio Alto Uruguai

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2018 ® - Todos os direitos reservados