Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

Sicredi Noroeste RS liberou R$ 183 milhões no Plano Safra 2020/2021

Esse valor é a soma das operações de Custeio de Lavoura e Investimento Linha BNDES

7 de outubro de 2020
(Imagem: Divulgação)

O Plano Safra 2020/21 iniciou na Sicredi Noroeste RS em julho e, até o fechamento do mês de setembro, foram liberados R$ 183 milhões aos associados. Para Custeio de Lavoura, foram atendidos 2.730 cooperados em 3.056 operações e liberados R$ 163 milhões. Para operações de Investimento linhas BNDES, foram liberados 300 projetos de longo prazo com um montante de R$ 20 milhões.

O conhecido “Custeio de Lavoura” são os recursos disponibilizados ao crédito rural para as operações de custeio, investimento e comercialização. O custeio é uma das finalidades do crédito rural e destinado a cobrir as despesas normais dos ciclos produtivos das atividades agrícola ou pecuária, tais como plantio de lavoura e formação de pastagens.

A “Comercialização” engloba despesas posteriores ao cultivo e produção, como transporte, beneficiamento e armazenamento dos produtos para venda futura. Os recursos para “Investimento” podem ser usados na construção de silos, compra de maquinário, implementação de lavoura permanente, projeto de recuperação de pastagens e aquisição de rebanho.

As linhas de investimento BNDES, dão apoio às atividades agropecuárias, incluindo a pesca, a aquicultura e a produção florestal, e agroindustriais, por meio da concessão de financiamentos, tanto para projetos de investimentos quanto para aquisição isolada de máquinas e equipamentos.

“Por ser associado do Sicredi, o produtor, ao optar por tomar financiamento na sua instituição financeira cooperativa, está contribuindo para o crescimento do seu próprio negócio, com possibilidades de retorno de resultados, com o desenvolvimento da sua cooperativa de crédito e da comunidade local,” explica o Gerente de Ciclo de Crédito, Diogo Dorst.

A Sicredi Noroeste RS continua recebendo propostas de financiamento para o Plano Safra 2020/2021, que vai até o final de junho de 2021. Antes de solicitar o crédito, o produtor rural associado deve fazer o planejamento da próxima safra (considerando o que vai plantar, qual é a área de cultivo e o orçamento necessário com base na análise de solo e sob orientação técnica quanto ao uso dos insumos e os demais serviços que serão utilizados).

Munidos de todas essas informações, os colaboradores estarão à disposição nas agências Sicredi para atender da melhor maneira, dar andamento à proposta e liberação do crédito.

Fonte: Sicredi Noroeste RS

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2020 ® - Todos os direitos reservados