Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

Sicredi destaca destinação de sobras aos associados e edição 2021 do Apoiar Fundo Social

Mais de R$ 12 milhões foram repassados aos associados, e R$ 700 mil serão repassados para entidades sociais através do Apoiar Fundo Social

29 de abril de 2021
Tiago Broetto e Anderson Schwade, gerentes das agências Sicredi de Três Passos, durante entrevista à Rádio 92 FM (Foto: Rádio Alto Uruguai)

Os gerentes das agências Sicredi de Três Passos, Anderson Schwade, da agência Costa e Silva, e Tiago Broetto da Silva, da agência da rua Getúlio Vargas, concederam entrevista à Rádio 92 FM, na manhã de quarta-feira, comentando a respeito da distribuição de sobras aos associados, que aconteceu esta semana, e também sobre o projeto Apoiar Fundo Social.

De acordo com Anderson, o grande diferencial das cooperativas de crédito é a distribuição de sobras entre os associados, algo que é definido a partir de assembleias anuais, de uma forma democrática.

Além de beneficiar diretamente os associados, a destinação de sobras colabora com o desenvolvimento da região, a partir da liberação de recursos, gerando renda e empregos e fazendo a economia girar. “A distribuição das sobras é importante, pois está injetando mais de R$ 12 milhões na economia dos municípios que integram a Sicredi Raízes. R$ 3 milhões já foram creditados em dezembro, a título de juros do capital social dos associados, e mais R$ 9 milhões que foram creditados nesta terça-feira, dia 27, sendo 50% em cota capital e 50% em conta poupança dos associados”, explicou.

Essa divisão é feita a partir das movimentações que cada associado realiza junto a sua cooperativa. Quanto maior a movimentação, maior a participação nos resultados. “Praticamente todos os serviços que são ofertados aos associados geram resultados a partir da distribuição das sobras. O próprio associado gera o resultado e participa desse resultado”, destacou Anderson.

Os valores repassados para cada associado podem ser conferidos através do aplicativo do Sicredi, internet banking, solicitação por WhatsApp com os colaboradores das agências ou pelo extrato bancário, diretamente nos caixas eletrônicos das agências.

Projeto Apoiar Fundo Social
Um projeto de responsabilidade social de bastante destaque nos últimos anos, desenvolvido pela Sicredi Raízes RS/SC/MG, é o Apoiar Fundo Social, que destina recursos financeiros para entidades sociais dos municípios da área de abrangência da cooperativa.

Uma parte dos resultados da cooperativa é destinado para ações sociais desenvolvidas nos municípios, um complemento das ações sociais da cooperativa.

Em 2021, o fundo está tendo R$ 700 mil para serem distribuídos, aprovado em assembleia pelos associados. Entretanto, os coordenadores de núcleo decidiram no mês de abril, antecipar 50% deste montante, ou seja, o valor de R$ 350 mil, para serem repassados de forma imediata aos hospitais da região, reforçando a estrutura das casas de saúde, tão essenciais no enfrentamento à pandemia de coronavírus.

O Hospital de Caridade de Três Passos recebeu, na última semana, o montante de R$ 61 mil.

Agora, cada agência tem uma parte do valor de R$ 350 mil que resta para 2021.

Através do site sicredi.com.br/raízes, as entidades sociais podem conferir todas as informações deste programa e saber como cadastrar seu projeto e disputar uma fatia dos recursos.

Podem participar entidades sem fins lucrativos nas áreas educacional, cultural, esportiva, assistencial e social, que sejam associadas ao Sicredi como pessoa jurídica, e que estejam com sua parte burocrática sem nenhuma restrição.

As entidades podem se inscrever até o dia 7 de maio, apresentando projetos de até R$ 7 mil. Os coordenadores de núcleo da cooperativa, que são uma instância de representação dos associados, farão a triagem e a escolha dos projetos que serão beneficiados com recursos neste ano.

“Esses recursos são ainda mais importantes em um momento em que as entidades não estão conseguindo realizar eventos e atividades de arrecadação para manterem suas estruturas”, destaca Tiago Broetto.

Fonte: Rádio Alto Uruguai

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2021 ® - Todos os direitos reservados