Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

RGE investe R$ 3,6 milhões em subestação de Três de Maio

Ampliação da subestação beneficia 12 mil clientes das cidades de Três de Maio, São José do Inhacorá e Alegria.

7 de maio de 2020

A RGE finalizou as obras de ampliação na subestação de energia, em Três de Maio. As ações incluem a construção de um novo módulo de entrada de linha 69 kV, além do lançamento do segundo circuito na Linha de Distribuição Santa Rosa 1, que fica na cidade. O investimento foi de R$ 3,6 milhões e beneficia 12 mil clientes das cidades de Três de Maio, São José do Inhacorá e Alegria.

A implantação do novo módulo de conexão de linha e o lançamento do segundo circuito, com 10,4 quilômetros de extensão, possibilita a distribuidora a fazer as manobras de carga de forma rápida, através de comandos remotos a partir do Centro de Operações Integrado – COI, de modo que a energia chegue aos clientes por outro caminho quando uma das linhas apresentar qualquer problema ou mesmo quando houver a necessidade de desligamento programado para manutenção. Com esta obra, a subestação agora passa a contar com alimentação dupla

Para o gerente de Engenharia da RGE, Roberto Pressi, este é um investimento que impacta diretamente na qualidade do serviço da empresa, deixando a rede elétrica ainda mais moderna. “Este é um conjunto de equipamentos que irá operar os circuitos em separado, fazendo com que, por exemplo, os clientes abastecidos por uma determinada linha tenham energia elétrica normalmente, ainda que um dos circuitos tenha que ser desligado por qualquer motivo”, afirma Pressi.

O consultor de negócios da RGE, Rodinei Gerardon, ressalta que as obras representam um acréscimo significativo na confiabilidade do atendimento a todos os clientes. “Estas ações em Três de Maio possibilitam uma maior interligação entre as subestações que atendem a região e, em caso de qualquer desligamento, permitirão que a energia seja restabelecida em menos tempo. Sem dúvida é uma obra significativa para a região”, destaca.

Fonte: Jornal do Comércio

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2020 ® - Todos os direitos reservados