Promotor Bruno Bonamente se despede da comarca de Três Passos no final deste mês – Rádio Alto Uruguai | FM 92,5 – FM 106,1
Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

Promotor Bruno Bonamente se despede da comarca de Três Passos no final deste mês

Promotor de justiça assumirá o comando do MP na comarca de Marau

18 de março de 2019
Promotor solicitou ao MP para que a remoção somente fosse efetivada após a conclusão do júri do Caso Bernardo (Foto: MP/Divulgação)

O promotor Bruno Bonamente, responsável pelo Ministério Público (MP) da comarca de Três Passos, confirmou na noite de sexta-feira, com exclusividade para a Rádio Alto Uruguai, que a sua atuação no júri do Caso Bernardo pode ter sido um dos últimos trabalhos dele à frente da comarca. Em abril ele estará assumido um novo desafio, na cidade de Marau.

Bruno Bonamente pediu remoção para a comarca de Marau no início do ano, mas solicitou ao MP para permanecer mais alguns meses para poder concluir o trabalho do Caso Bernardo. “Foram quase cinco anos em Três Passos e eu sentia que não poderia sair da comarca sem antes dar o fechamento a este caso”. Bruno responderá pelo MP de Três Passos até o dia 31 de março.

Sobre a sentença anunciada pelo poder judiciário após cinco dias de júri, o promotor Bruno disse que “a satisfação e a sensação de dever cumprido é enorme. Era um caso de extrema repercussão nacional e nós nos empenhamos ao máximo e acreditamos que fizemos o melhor trabalho possível”, sublinhou.

Durante o júri do Caso Bernardo, ele atuou ao lado dos também promotores de justiça, Ederson Vieira, da comarca de Lajeado, e Silvia Jappe, da comarca de Santiago. De acordo com Bonamente, o apoio dos dois promotores Justiça se deveu por três razões: pelo volume de informações do processo (44 volumes, com mais de 9 mil páginas), pelo tempo que perduraria o julgamento e, finalmente, pela intensidade esperada nos debates.

Para o procurador-geral de Justiça, Fabiano Dallazen, este foi um julgamento que honra as tradições do Ministério Público do Estado do Rio Grande do Sul. Destacou, ainda, que o trabalho desempenhado em Três Passos demonstra a grande gama de promotores de Justiça competentes, aguerridos e intelectualmente bem preparados. “Estão de parabéns os colegas Bruno, Silvia e Ederson, que atuaram com competência, dedicação e afinco para realização da justiça, que sociedade do Estado do Rio Grande do Sul reclama. O Ministério Público reitera a sua confiança na justiça e na instituição do Tribunal do Júri”, ressaltou o procurador.

Fonte: Rádio Alto Uruguai

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2018 ® - Todos os direitos reservados