Professores e servidores ainda devem avaliar adesão à greve da categoria em escolas da região – Rádio Alto Uruguai | FM 92,5 – FM 106,1
Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

Professores e servidores ainda devem avaliar adesão à greve da categoria em escolas da região

CPERS deverá apresentar um balanço do primeiro dia de greve no final da tarde desta segunda-feira (18)

18 de novembro de 2019
Helenir Schürer, presidente do CPERS, durante assembleia que decidiu pela greve da categoria, na última quinta-feira (Foto: CPERS/Divulgação)

A maioria dos professores e servidores de escolas estaduais da região Celeiro ainda não tomou uma decisão quanto à greve deflagrada pela categoria, após decisão de assembleia geral do CPERS, na última quinta-feira (14), em Porto Alegre, após a divulgação do pacote de medidas do governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite.

Três Passos

Em Três Passos, as aulas estão ocorrendo normalmente nas cinco instituições públicas que fazem parte da rede estadual.

No Instituto Estadual de Educação Erico Verissimo, uma reunião entre professores e servidores está marcada para as 18 horas, quando deverá ser tomada uma posição coletiva de adesão ou não à greve.

Na Escola Estadual de Ensino Médio Águia de Haia, o grupo de professores e servidores deverá avaliar a questão da greve somente amanhã, em função de que uma parte dos profissionais está participando de uma viagem de estudos. As aulas amanhã, nos três turnos, estão confirmadas. Entretanto, um professor já manifestou adesão à greve.

Uma reunião no início da noite de hoje, entre professores e servidores, deverá definir uma tomada de decisão na Escola Estadual de Educação Básica Padre Gonzáles. Nesta segunda-feira as aulas transcorreram normalmente na instituição.

Na Escola Estadual de Ensino Fundamental José de Anchieta, no distrito de Bela Vista, os professores e servidores também terão uma reunião para definir a adesão ou não à greve. Por enquanto as atividades escolares estão mantidas.

Único instituição que já definiu que não irá aderir ao movimento grevista é a Escola Estadual de Ensino Fundamental Gonçalves Dias, no bairro Pindorama, de acordo com informações repassadas à nossa reportagem. Os profissionais decidiram manter as atividades normais.

Crissiumal

No município de Crissiumal, a Escola Estadual de Ensino Médio Rocha Pombo, Nenhum dos professores da escola e nem funcionários comunicaram a direção adesão à greve. A Escola segue trabalhando normalmente até este momento.

Na Escola Estadual Ponche Verde, as aulas seguem normais até o presente. A direção informou que os professores e funcionários da instituição de ensino estarão debatendo dentro dos seus horários de trabalho ao longo desta segunda-feira a adesão ou não à greve. Há possibilidade de uma reunião geral ser marcada.

Panorama estadual

A presidente do Cpers/Sindicato, professora Helenir Schürer, declarou que só se terá uma panorama real do primeiro dia de greve no final da tarde, quando o sindicato receber o parecer das instituições estaduais. Representantes do sindicato utilizaram esta segunda-feira para manter diálogo com deputados estaduais, na AL.

“Muitas escolas estão recebendo os alunos no dia de hoje para explicar a greve e os motivos da paralisação. No final da tarde, vamos mandar uma mensagem para ver como foi este primeiro dia. Nós continuamos com ações nas câmaras de vereadores e hoje à tarde vamos conversar com deputados na Assembleia Legislativa. Quando os parlamentares perceberem os malefícios do pacote para a escola pública, tenho certeza de que poderemos reverter o quadro, mesmo sabendo que é preciso menos votos para a aprovação das propostas relacionadas ao magistério”, disse Helenir.

A Secretaria Estadual de Educação (Seduc), declarou que só irá se pronunciar nesta terça-feira, depois do primeiro dia da greve.

Fonte: Rádio Alto Uruguai

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2018 ® - Todos os direitos reservados