Produtos que seriam levados ilegalmente para a Argentina são apreendidos em Crissiumal – Rádio Alto Uruguai | FM 92,5 – FM 106,1
Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

MANCHETES

Produtos que seriam levados ilegalmente para a Argentina são apreendidos em Crissiumal

Caminhão teria sido carregado na cidade de Chapecó (SC)

27 de agosto de 2018
Carga seria dividida e encaminhada para a Argentina, através de embarcações (Foto: Arquivo/Ilustração)

Diversos produtos alimentícios foram apreendidos pela Brigada Militar na manhã de sábado (25), no Balneário Três Ilhas, interior de Crissiumal. Após receber denúncia anônima, os policiais militares que foram até o local indicado encontraram um caminhão baú, contendo carga com diversas frutas e legumes. O condutor do veículo foi abordado e relatou aos policias que havia sido contratado para dirigir o caminhão, indicando que o proprietário e responsável pela carga seria outra pessoa, moradora de Porto Soberbo.

Os policiais militares conseguiram avistar algumas embarcações se afastando da margem, mas não houve condições para abordá-las. A carga ilegal seria transportada para a Argentina através dos barcos. O condutor revelou aos policiais que o caminhão foi carregado com frutas na cidade de Chapecó (SC), sendo a carga fracionada e distribuída através de portos clandestinos, localizados entre os municípios de Crissiumal e Tiradentes do Sul. Um outro indivíduo estaria aguardando a chegada da carga, no lado argentino. As entregas ocorreriam cerca de três vezes por semana.

Referente à carga, foi acionado o fiscal tributário do município de Crissiumal, que confirmou que irá notificar o proprietário do caminhão no decorrer da semana. A carga continha 54 melancias, duas caixas de cenoura, duas caixas de beterraba, 20 caixas de nectarina e seis caixas de ameixa.

Fonte: Rádio Alto Uruguai (com informações da Brigada Militar)

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2018 ® - Todos os direitos reservados