Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

Presidente estende quarentena na Argentina e Misiones segue com apenas três casos confirmados

Fernández comentou que vai preservar aqueles que “produzem e exportam”, pois o dinheiro é importante para comprar respiradores para os hospitais do país

13 de abril de 2020
Coletiva de imprensa no último sábado (Foto: Alberto Fernández / Twitter)

O isolamento social obrigatório para combater a pandemia do coronavírus será mantido nas grandes cidades da Argentina, pelo menos até o dia 26 de abril, mas as regras para áreas rurais serão flexibilizadas, anunciou o presidente Alberto Fernández no último sábado (11). “Os números [de casos] de Estados Unidos, Itália, Espanha, Chile e Brasil demonstram que a quarentena faz sentido, embora estejamos longe do objetivo”, afirmou Fernández. O presidente não descartou uma nova prorrogação, afirmando que a questão voltará a ser discutida no dia 27 de abril.

A Argentina implementou uma das medidas mais rigorosas adotadas no mundo para conter a disseminação do coronavírus, com a proibição total de cidadãos de saírem às ruas – com exceção de idas aos supermercados, farmácias, hospitais e postos de gasolina. “Prefiro ter mais 10% de pessoas pobres e não 100 mil mortes na Argentina devido a coronavírus. Aqueles que reproduzem o dilema entre economia e saúde estão dizendo algo falso. Sei que preciso preservar pequenas e médias empresas também”, comentou Fernández na entrevista.

Com relação à ampliação da quarentena, Fernández comentou que vai preservar aqueles que “produzem e exportam”, pois o dinheiro é importante para comprar respiradores para os hospitais do país.

Boletim epidemiológico atualizado do país vizinho, ontem, demonstra que a Argentina está com 2.208 pessoas infectadas pelo novo coronavírus, com 95 mortes pela doença até o momento. A província e a cidade de Buenos Aires concentram a maioria esmagadora de casos confirmados e de mortes pela Covid-19.

Misiones têm apenas três casos confirmados de Covid-19 até o momento

Em Misiones, província que faz divisa com municípios da região Celeiro, são três casos confirmados do novo coronavírus e nenhuma morte até o momento. Ainda em Misiones, 171 casos foram descartados, 9 pessoas estão cumprindo isolamento domiciliar de 14 dias, e 815 pessoas já cumpriram o isolamento.

Na última semana, órgãos de segurança pública instalados em El Soberbio, como a polícia de Misiones e a gendarmeria nacional, realizaram ações de fiscalização e combate ao ingresso ilegal de estrangeiros no território da província, através do rio Uruguai.

Entre os locais fiscalizados estavam as comunidades de Capín Largo, Colonia Chafaríz, Sarandí e Mariano Moreno.

Os órgãos de segurança monitoram os portos clandestinos, que são montados na margem do rio Uruguai, em diferentes propriedades rurais. Somente El Soberbio possui cerca de 130km de fronteira, somando cerca de duzentas propriedades que margeiam o rio Uruguai.

A orientação das autoridades de El Soberbio é para que sejam destruídas as embarcações que se encontrem de forma ilegal nas águas do rio, evitando a travessia de pessoas para o Brasil de forma ilegal.

No último sábado, um homem de 41 anos veio a óbito na cidade de El Soberbio. Ele apresentava quadro de problemas respiratórios. O seu funeral seguiu as recomendações de segurança sanitária em função da Covid-19, mas a coleta realizada na vítima acabou sendo atestado como negativo para o novo coronavírus.

Fonte: Rádio Alto Uruguai

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2020 ® - Todos os direitos reservados