Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

Prefeito Fernando avalia o primeiro ano de gestão em Humaitá

3 de abril de 2018

O prefeito de Humaitá, Fernando Wegmann, concedeu entrevista para a Rádio Alto Uruguai na última semana. Fernando avaliou o primeiro ano da gestão a frente do Executivo e projetou o ano de 2018.

 

Segundo o prefeito, 2017 foi um ano organizacional, em que houve a reestruturação da área administrativa e quadro de servidores. Além disso, foi dado andamento a obras que já estavam sendo executadas.

 

Um ano de dificuldades

 

Dentre as principais dificuldades enfrentadas, Fernando citou as medidas tomadas junto aos servidores, tais como substituições em vários setores e adequação das cargas horárias.

 

O gestor também ressaltou que os repasses em atraso por parte dos governos estadual e federal ultrapassam a cifra de R$ 1 milhão. Somente na área da saúde são aproximadamente R$ 500 mil, além de outros R$ 500 mil em recursos livres não repassados pelo Estado e a União.

 

Diante da diminuição de recursos, a Administração Municipal adotou medidas de redução de gastos, concentrou os investimentos em áreas essenciais e priorizou o pagamento de fornecedores e salário dos funcionários.

 

Também foi citada como dificuldade a situação de risco que o município enfrenta para uma epidemia de Dengue. O prefeito pediu a colaboração da comunidade na eliminação dos focos do mosquito Aedes Aegypti, pois Humaitá ainda está em estado de alerta. Um dos últimos levantamentos revelou que o índice de infestação estava em 12% na cidade, quando o ideal seria em torno de 1%.

 

Investimentos

 

Apesar da dificuldade financeira e período destinado para a organização dos trabalhos, o município não deixou de fazer investimentos. Áreas essenciais, como saúde, educação e agricultura receberam uma atenção especial.

 

Saúde: Neste ano foi contratada a médica Lilian Severo dos Santos, para atendimento na Unidade Básica de Saúde. Durante o período o município também viabilizou o agendamento e execução de cirurgias eletivas que estavam há anos na fila de espera. Ainda ocorreu a aquisição de medicamentos, além da farmácia básica, e aquisição de novos veículos.

 

A partir de agora, também, os funcionários da Secretaria de Saúde trabalham de uniformes e com identificação. Durante o ano o município promoveu palestras motivacionais e cursos permanentes para o aperfeiçoamento dos profissionais.

 

Educação: A principal conquista foi a criação de uma extensão da creche municipal em Lajeado Alvorada. As crianças que residem nas proximidades agora são atendidas na Escola Estadual Santos Dumont sem a necessidade de deslocamento até a cidade.

 

Nas áreas de cultura e lazer, 2017 foi marcado pelos campeonatos de futebol e interfirmas, Natal da Criança, Festival Municipal Estudantil da Canção (FEMEC), apoio à extensão do GEMP no município e melhorias na infraestrutura das escolas.

 

Obras: Houve a manutenção e conservação das estradas, construção de um calçamento na área industrial e revitalização de praças públicas.

 

Agricultura: Foram entregues novas conchas carregadeiras e distribuidores de esterco. Também ocorreu as entregas de mais de 20 mil alevinos, de adubo por meio da consulta popular e de sementes de milho a 136 agricultores por meio do programa troca-troca. Em conjunto com o setor de obras, foram realizados ainda os serviços habituais de lavoura e terraplanagem.

 

Assistência Social: Em 2017 foram promovidos diversos cursos e oficinas. A principal medida adotada foi a transferência do CRAS para o Centro Conviver da Vila Jardim.

 

Sonhos e projetos para 2018

 

Confira a transcrição do que disse o prefeito Fernando Wegmann a respeito de 2018:

 

“Temos muitos sonhos e objetivos. Queremos oferecer uma qualidade de vida para o nosso povo e promover melhorias em todos os setores da Administração, gerando empregos na cidade em parceria com a ACI. Temos certeza que o povo entende que não tem sido fácil para o município realizar os projetos por causa da falta de recursos, mas estamos buscando apoio. Em 2018 será um ano muito melhor.”

 

“No atual contexto é um desafio muito grande ser prefeito, considerando todas as responsabilidades para prestar serviços de qualidade à população sem a devida contrapartida de recursos oriundos dos Governos Federal e Estadual. Entendemos as dificuldades econômicas enfrentadas pelo Estado e União, mas nós como município não podemos ficar de braços cruzados diante das necessidades de prestação de serviços de cada setor à nossa população.”

 

*Rádio Alto Uruguai

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2021 ® - Todos os direitos reservados