Postos de saúde abrem neste sábado para vacinação contra a gripe – Rádio Alto Uruguai | FM 92,5 – FM 106,1
Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

MANCHETES

Postos de saúde abrem neste sábado para vacinação contra a gripe

Dia D de vacinação vai contar com atendimento especial em todos os municípios gaúchos. Confira como vai funcionar a mobilização na região.

3 de maio de 2019
Crianças menores de 6 meses são um dos grupos prioritários da campanha. (Foto: Arquivo/Rádio Alto Uruguai)

A campanha de vacinação contra a gripe terá neste sábado o Dia D, quando mais de 1.800 postos de saúde no Rio Grande do Sul estarão abertos para a imunização. Desde o início da campanha, em abril, cerca de 1,2 milhão de pessoas já foram vacinadas contra a influenza no Rio Grande do Sul. Ao todo, são mais de 3,8 milhões de pessoas que fazem parte dos grupos aos quais as vacinas são destinadas. Integram os grupos prioritários: crianças maiores de 6 meses e menores de 6 anos; gestantes; puérperas (mulheres até 45 dias após o parto); trabalhadores da saúde; idosos com mais de 60 anos; professores; policiais, bombeiros e militares; e doentes crônicos.

Em Humaitá, a Unidade Básica de Saúde atenderá neste sábado, pela manhã, das 8h30min às 12h e, à tarde, das 13h às 17h. Recomenda-se que as pessoas tragam as cadernetas de vacinação, especialmente das crianças, para fazer a conferência e atualização das demais vacinas. Em Sede Nova e São Martinho, as Unidades Básicas de Saúde atendem neste sábado das 8h às 17h sem fechar ao meio-dia. Em Crissiumal, duas unidades de saúde (ESF 1 e 2) estarão abertas também das 8h às 17h, sem fechar ao meio-dia.

Vacina começa a fazer efeito em duas semanas

Todas as pessoas que integram os grupos prioritários devem fazer a vacina contra a gripe antes da chegada do inverno. A orientação se dá em virtude do tempo que leva para que os anticorpos gerem a proteção necessária. Segundo a Sociedade Brasileira de Imunizações, para a dose começar a ser efetiva, são necessários em torno de 15 dias após a aplicação, enquanto o maior efeito chega cerca de um mês após a aplicação. Em alguns grupos com imunidade mais frágil, como nos idosos, esse período até que a vacine passa a proteger pode levar ainda mais, chegando a cinco ou seis semanas.

As condições do inverno favorecem a proliferação dos vírus da gripe no ambiente. Com as temperaturas mais baixas, as pessoas permanecem mais tempo em locais fechados e pouco arejados, o que facilita a transmissão de pessoa para pessoa através de tosse ou espirros. O vírus da influenza também fica mais tempo em suspensão no ar com o clima frio e seco, característico do inverno.

Proteção a casos graves

Em populações com o sistema imunológico mais fragilizado, como os idosos e crianças, a vacina da gripe (assim como as demais) apresenta uma eficácia reduzida quanto a proteção à infecção. Contudo, segundo o Ministério da Saúde, a vacinação contra a gripe pode reduzir em até 45% o número de hospitalizações por pneumonias, em 75% a mortalidade global e em, aproximadamente, 50% as doenças relacionadas à influenza.

Fonte: Rádio Alto Uruguai

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2018 ® - Todos os direitos reservados