Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

Polícia Civil desvenda autoria de roubo a taxista em Tenente Portela

Informações foram repassadas pela Delegacia de Polícia de Tenente Portela

16 de maio de 2022
Óculos que o taxista utilizava ficou completamente destruído após as agressões (Foto: Polícia Civil / Divulgação)

O delegado da Polícia Civil de Tenente Portela, Roberto Fagundes Audino, anunciou no final de semana que descoberta a autoria do crime de roubo que vitimou o taxista Waldomiro, que presta serviço na cidade portelense. Dois adolescentes de 15 anos, e um de 16 anos, todos indígenas, estão envolvidos.

Na noite de 23 de abril, a vítima recebeu uma ligação para fazer uma corrida com saída na localidade de Pedra Lisa, área indígena, com destino até a localidade de KM 10, também na área indígena. Na ocasião, três passageiros embarcaram e iniciaram a corrida, até o acesso ao Setor Km 10, onde ocorreu o crime.

A pedido dos passageiros, o taxista Waldomiro parou em um local escuro e de pouco movimento, quando os envolvidos agrediram o motorista e roubaram o seu veículo de trabalho, uma Fiat Toro. Em razão das agressões, a vítima ficou com lesões permanentes num dos olhos.

Agentes da Policia Civil identificaram o portador do telefone celular utilizado para fazer a ligação à vítima, e através do cumprimento de mandado de busca e apreensão expedido pela comarca local, realizaram a apreensão do dispositivo móvel.

Na sequência das diligencias policiais, os agentes identificaram os indivíduos que teriam pedido o telefone emprestado para fazer a ligação. Identificou-se um adolescente que efetuou a ligação, e mais dois adolescentes que estariam envolvidos.

Inquiridos, dois dos adolescentes confessaram a prática do crime, e um negou. Segundo apurado, o assalto ao taxista foi planejado, e o intuito seria utilizar o veiculo roubado para ir até um baile que se realizava na noite do crime na localidade de Missão, no interior da área indígena, em Redentora.

O taxista foi agredido com marteladas, pedradas e socos, principalmente na cabeça.

A Polícia Civil apurou que após o roubo, os adolescentes investigados estiveram no baile, tendo utilizado o veículo roubado como meio de transporte. Apurou-se ainda que o veículo foi utilizado por mais alguns dias e na sequência foi incendiado pelos investigados.

O Procedimento Especial para Menores foi concluído na sexta feira, e será encaminhado ao Ministério Público esta semana, com o enquadramento de roubo majorado consumado. A continuidade dos trâmites será norteada pelo promotor de Justiça da comarca de Tenente Portela.

Fonte: Rádio Alto Uruguai - com informações da Polícia Civil

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2022 ® - Todos os direitos reservados