Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

Plantio do trigo chega a 53% da área prevista para RS

3 de abril de 2018

O plantio da safra de trigo teve um avanço significativo, com a melhora nas condições meteorológicas nos últimos dias, passando dos 12% de área plantada para os atuais 53% (385 mil ha). De acordo com o Informativo Conjuntural da Emater/RS-Ascar, apesar dessa condição, a semeadura se encontra defasada em relação a períodos anteriores, quando o percentual alcançava 74%.

 

Na região de Ijuí, que detém a maior área cultivada com o cereal (213,5 mil ha), os produtores aproveitaram o período sem chuvas para realizar a semeadura. A evolução da área implantada foi rápida, atingindo 65% (139 mil ha) do total previsto com a cultura. As lavouras implantadas antes do período de chuvas começam a melhorar no aspecto visual, com coloração mais verde intenso.

 

Em Santa Rosa, outra importante região produtora de trigo, também houve intenso plantio, chegando aos 78% da área a ser cultivada (168 mil ha). Mesmo sem a melhor condição climática e umidade adequada no solo, o agricultor sente a necessidade de apressar o plantio devido ao curto tempo de período recomendado pelo zoneamento agroclimático.

 

O cultivo da canola foi reiniciado em todas as regiões, com necessidade de replantio de algumas áreas, em especial na região do Noroeste Colonial, com destaque para Catuípe, onde as lavouras foram mais prejudicadas.

 

Com a trégua das chuvas e o retorno do sol, os produtores de leite puderam soltar os animais nas pastagens, que diminuíram em quantidade e qualidade, principalmente pelo final de ciclo das de verão. Muitas pastagens foram prejudicadas pelo encharcamento e por tombamento, sem que os animais tenham realizado o pastejo.

 

Portanto, a oferta de pasto na maioria das propriedades ainda não é suficiente, principalmente para as necessidades dos animais de alta produção; para estes, os produtores seguem complementando a dieta das vacas com silagem de milho, feno ou silagem de pré-secado e administrando o concentrado para aumentar a produção, o que repercute em aumento dos custos de produção. Alguns produtores cortam capim-elefante e oferecem no cocho às vacas.

 

Fonte: Emater-RS/Ascar

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2020 ® - Todos os direitos reservados