Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

Os números da violência contra a mulher na região Celeiro

3 de abril de 2018

No Dia Internacional da Mulher, a Rádio Alto Uruguai coletou dados referentes à violência contra a mulher na região Celeiro no ano de 2017. As informações constam no relatório elaborado pela Secretaria de Segurança Pública do RS.

 

De forma geral, nos 21 municípios da região foram registrados no ano passado 529 casos de ameaça, 218 de lesão corporal, quatro de estupro, quatro feminicídios consumados e dois feminicídios tentados.

 

A Secretaria realiza o levantamento em todo o Rio Grande do Sul. Para consultar as informações completas >>clique aqui<<, e confira as estatísticas detalhadas de cada município gaúcho.

 

 

Violência contra a mulher na região Celeiro em 2017

*Dados da Secretaria de Segurança Pública do RS

Município

Ameaça

Lesão Corporal

Estupro

Feminicídio

Consumado

Feminicídio Tentado

Barra do Guarita

11

7

0

0

0

Bom Progresso

9

2

0

0

0

Braga

20

6

0

0

0

Campo Novo

21

14

0

0

0

Chiapetta

16

7

0

0

0

Coronel Bicaco

37

15

0

0

0

Crissiumal

39

23

0

0

0

Derrubadas

9

3

1

0

0

Esperança do Sul

10

4

0

0

0

Humaitá

13

3

0

0

0

Inhacorá

5

5

0

0

0

Miraguaí

22

3

0

0

0

Redentora

15

8

0

1

0

Santo Augusto

56

22

0

0

0

São Martinho

13

6

1

1

0

São Valério do Sul

4

1

0

0

0

Sede Nova

12

4

0

0

0

Tenente Portela

78

26

0

1

1

Tiradentes do Sul

14

5

0

0

0

Três Passos

114

52

1

1

1

Vista Gaúcha

11

2

1

0

0

TOTAL

529

218

4

4

2

 

A origem do Dia Internacional da Mulher

 

O Dia Internacional da Mulher teve origem a partir de uma tragédia no ano de 1911. Uma fábrica de tecidos pegou fogo e, devido às condições precárias de trabalho, 146 pessoas morreram. Eram 129 mulheres, sendo que 90 delas se jogaram pelas janelas do prédio tentando escapar das chamas.

 

Organizações femininas, ligadas a movimentos operários, organizavam protestos desde o final do século XIX em países da Europa e nos Estados Unidos. Durante a Primeira Guerra Mundial (1914-1918) os protestos alcançaram o mundo todo. Em 8 de março de 1917, cerca de 90 mil operárias da Rússia se manifestaram contra as más condições de trabalho, a fome e a participação do país na guerra – e então a data acabou se consagrando.

 

A partir de 1975, a ONU oficializou o dia 8 de março como o Dia Internacional da Mulher, criado com o objetivo de relembrar as lutas sociais, políticas e econômicas das mulheres.

 

*Rádio Alto Uruguai

*Imagem: Governo do RS

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2020 ® - Todos os direitos reservados