Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

Novos casos de Covid-19 foram registrados na região

Os casos foram registrados em Humaitá, Campo Novo, Crissiumal, Nova Candelária, São Martinho e Santo Augusto

7 de janeiro de 2022

Os números referentes à infecção por Covid-19 também aumentaram em municípios da 17ª Coordenadoria Regional de Saúde, com sede em Ijuí. De acordo com o boletim diário, divulgado pela coordenadoria ontem, foram registrados 121 novos casos nos municípios da regional.

Humaitá apresenta oito novos casos positivos da doença. Trata-se de um paciente com 49 anos, e os demais tem faixa etária entre 16 e 25 anos de idade. Todos estão bem e juntamente com seus familiares, cumprindo isolamento domiciliar. Neste momento o município não tem pacientes internados pela doença.

Crissiumal apresentou 16 novos casos positivos de Covid-19 no boletim de ontem. São 23 casos nos dois últimos dias. Até a terça-feira da semana passada havia 20 casos ativos no município.

O município de Santo Augusto, que desde novembro de 2021 convive com uma média alta de casos de coronavírus, ontem confirmou mais 14 casos positivos da doença. Neste momento, são 51 casos ativos, com um paciente internado no município.

São Martinho confirmou dois novos casos positivos ontem. Trata-se de uma paciente do sexo feminino, de 42 anos, e um paciente do sexo masculino, de 56 anos de idade. Neste momento, São Martinho tem dez casos suspeitos e 13 famílias cumprindo isolamento domiciliar.

Campo Novo e Inhacorá, que também pertencem à 17ª CRS, confirmaram um caso novo de Covid-19, em cada município.

O município de Nova Candelária, que pertence à 12ª CRS, com sede em Santa Rosa, também apresenta um aumento significativo de casos esta semana. No dia 4 de janeiro, eram sete casos ativos no município. Ontem, o número saltou para 14. Outros seis casos suspeitos estão aguardando resultado laboratorial.

Em uma semana, resultados positivos para Covid crescem 114%

O número de exames com resultado positivo para detecção de Covid-19 realizados no país teve um aumento de 114% na maior rede privada de laboratórios de análise do Brasil na semana entre os dias 29 de dezembro de 2021 e 5 de janeiro de 2022 em comparação com a semana anterior. De acordo com um levantamento feito pela Rede Dasa, que reúne mais de 900 laboratórios pelo país, a taxa de testes que identificou a presença do vírus ativo saltou de 18,98% para 40,6% no período.

Ainda segundo o levantamento, a procura por testes RT-PCR registrou crescimento de 53,4% durante essa semana. As festas de fim de ano mudaram o panorama da infecção no país, registrando aumento no número de casos e com a nova variante do vírus, a ômicron, se tornando a predominante no país.

O menor tempo para aparecimento de sintomas em pessoas com covid-19 vem chamando a atenção de especialistas nesta nova onda que surge após o Natal e o Ano-Novo, motivada pela Ômicron e pelas festas de fim de ano. Sequer passou uma semana do Réveillon e o Rio Grande do Sul já vive explosão de novos casos.

Não há estudos conclusivos, mas relatos em revistas científicas, dados epidemiológicos e testemunhos de especialistas apontam que, ao contrário de outras variantes, a Ômicron manifesta sintomas mais cedo – portanto, infectados poderiam transmitir covid-19 antes. Tudo parece estar relacionado à maior carga viral da variante.

Fonte: Rádio Alto Uruguai

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2022 ® - Todos os direitos reservados