Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

Município de Humaitá debateu projeto para potencializar a apicultura na região

Diretores das empresas Alibem e Maxbem, com apoio da Administração Municipal, promoveram reunião nesta terça-feira (19) na Câmara de Vereadores

20 de janeiro de 2021
(Fotos: Davi Covari/Rádio Alto Uruguai)

Na noite da última terça-feira (19), a Administração Municipal de Humaitá promoveu um encontro entre apicultores do município e os empreendedores Juscelino Gonçalves, representando a Alibem, e Samuel Gonçalves, da Maxbem. Cerca de 11 apicultores e vereadores, prefeito e vice-prefeita, secretário de Agricultura, técnicos e representantes da Emater, também marcaram presença.

Juscelino e Samuel apresentaram o projeto que está sendo implementado pela Maxbem, empresa pertencente ao Grupo Alibem, para fomento e desenvolvimento da cadeia produtiva do mel na região Noroeste do estado. Em julho do ano passado, a Maxbem protocolou na prefeitura de Porto Mauá uma carta de intenção para implantar uma indústria no município. A expectativa é concluir a obra ainda em 2021.

A ideia de desenvolver o beneficiamento e industrialização do mel surge da possibilidade de promover uma atividade econômica nas matas da região, sem qualquer prejuízo ou agressão ao meio ambiente. Além disso, existe excelente disponibilidade de água em rios e açudes, o que é fundamental para a produção das abelhas. Com isso, a região se torna um ponto logístico estratégico para o projeto. Conforme Juscelino a meta prevista em até 10 anos de atividades é estar produzindo 5.000 toneladas anuais.

Na atual fase, Juscelino explica que as empresas estão trabalhando na apresentação e divulgação do projeto junto aos mais de 50 municípios da região. Ele ressaltou os aspectos econômicos e também ambientais do projeto, pois, através da polinização realizada pelas abelhas, pretende-se aumentar a produção de outras culturas como soja, milho e árvores frutíferas.

Samuel destaca ainda o grande potencial produtivo da região, ao passo que a produção do Rio Grande do Sul encontra-se estagnada nos últimos anos em cerca de 6.000 toneladas anuais. Por muitos anos líder do setor, o Rio Grande do Sul vem perdendo espaço para estados como Paraná, São Paulo, Piauí e Minas Gerais.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fonte: Rádio Alto Uruguai

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2021 ® - Todos os direitos reservados