Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

Monitoramento climático da RGE indica que julho será de pouca chuva

3 de abril de 2018

A formação de um bloqueio às massas de ar polar, por causa da temperatura dos oceanos, garantirá um mês de julho com pouca incidência de chuva para a maior parte do país, especialmente para o Rio Grande do Sul. É isso o que aponta o monitoramento climático encomendado mensalmente pela RGE junto ao Climatempo.

 

O bloqueio ocorre porque as águas da superfície da costa Oeste da América do Sul e as do Atlântico Sul estão mais quentes do que o normal, o que ocasionou uma elevação considerável na faixa entre o litoral Norte da Argentina, Uruguai e Rio Grande do Sul.

 

As frentes frias passam afastadas da costa e a massas polares serão continentais, mas sem representatividade. O bloqueio só deve ser quebrado no final de julho, com a mudança na configuração da temperatura dos oceanos. 

 

O acompanhamento climático também indica que, segundo os modelos oceânicos, até o final do ano haverá o registro um ligeiro aumento na temperatura das águas do Pacífico Equatorial, o que contribui para a não formação de um novo El Niño ou de uma nova La Ninã até o primeiro semestre de 2018.

 

Conforme o estudo, o Rio Grande do Sul deve registrar pancadas de chuva entre os dias 14 e 19 e ainda entre 27 e 31 deste mês. Especificamente nos dias 15, 27 e 28 a previsão é de chuva forte para a área de concessão da RGE, o que inclui a maioria dos municípios do Noroeste gaúcho. 

 

*Rádio Alto Uruguai

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2020 ® - Todos os direitos reservados