ATUALIZADA: Mobilizações irão marcar a Greve Nacional da Educação em municípios da região – Rádio Alto Uruguai | FM 92,5 – FM 106,1
Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

ATUALIZADA: Mobilizações irão marcar a Greve Nacional da Educação em municípios da região

Mobilizações marcam posição contrária à intenção do governo de cortar orçamento de instituições educacionais de ensino superior e técnico, além de se posicionar contra a proposta atual de reforma da Previdência

14 de maio de 2019

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou ontem, por 307 votos a 82, a convocação do ministro da Educação, Abraham Weintraub, para explicar aos parlamentares os cortes no orçamento das universidades públicas e de institutos federais, que chegam a 30% do orçamento previsto para as instituições. Por se tratar de convocação, o ministro é obrigado a comparecer à comissão geral que o ouvirá no plenário da Câmara hoje, às 15 horas. O depoimento do ministro acontece no mesmo dia em que protestos contra os cortes estão previstos em todo o país.

Entidades das redes pública e privada de educação, centrais e sindicatos, comunidade acadêmica, grêmios estudantis, secundaristas e sociedade civil participam hoje da denominada Greve Nacional pela Educação, mobilização convocada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação.

Para além da suspensão de verba anunciada pelo Ministério da Educação, as entidades ligadas à educação denunciam que o governo federal promove uma perseguição ideológica contra disciplinas de ciências humanas que fomentam a elaboração de senso crítico dentro das escolas e universidades, tais como filosofia e sociologia.

A Greve Geral da Educação também protesta contra o projeto de reforma da Previdência, que, se for aprovado no Congresso Nacional, de acordo com as entidades que representam os trabalhadores em educação, pode fazer dos professores e professoras uma das categorias mais penalizadas.

As mulheres terão de trabalhar pelo menos mais dez anos e os homens mais cinco anos para alcançar a idade mínima de 60 anos para requerer a aposentadoria. A reforma também pretende unificar em 30 anos o tempo mínimo de contribuição para ambos os sexos. E mesmo trabalhando durante 30 anos, os professores e professoras receberiam apenas 80% do salário-benefício. Para receber o valor integral, eles teriam de contribuir por 40 anos.

Santo Augusto: Diversos atos estarão acontecendo em cidades da região, nesta quarta-feira, buscando marcar o dia de luta em favor da educação pública. Em Santo Augusto, às 10 horas, na praça central da cidade, acontece ato público convocado por professores e estudantes do Instituto Federal Farroupilha – IFFar.

Três Passos: Em Três Passos, as escolas estaduais paralisam suas atividades nesta quarta-feira (15). Às 13h30min acontece ato no auditório da Unijuí, onde serão debatidos temas como a reforma da previdência e o sucateamento da educação pública no país.

Frederico Westphalen: Outra mobilização na região Noroeste, nesta quarta-feira, acontecerá em Frederico Westphalen, a partir das 13h30min, quando os reitores dos Institutos Federais da Região Sul irão realizar um ato institucional para reversão do bloqueio orçamentário de 30% anunciado pelo governo federal. O ato será promovido no auditório do campus do IFFar no município.

Cerro Largo: Pela manhã, a partir das 9h, debate/aula publica no bloco bloco A da UFFS. Às 13h45 concentração na UFFS, seguida de caminhada até a praça central, quando haverá um ato público.

Cruz Alta: Ato unificado às 9h, na Praça da Matriz. Plenária às 14h na Casa de Cultura.

Santa Rosa: Aula pública às 8h30 em frente ao Ministério Público (Rua Buenos Aires), seguida de ato.

Crissiumal: Em Crissiumal, a Escola Estadual Ponche Verde paralisa suas atividades nesta quarta-feira (15). A Escola Rocha Pombo e as demais escolas estaduais sediadas no município, devem manter as aulas normais hoje.

São Martinho: Em São Martinho, na Escola Estadual de Educação Básica São Martinho, não ocorrerão aulas hoje. Professores participam da manifestação convocada pelo CPERS em Santa Rosa.

Humaitá e Sede Nova: Em Humaitá e Sede Nova, as aulas seguirão normais nas escolas estaduais nesta quarta-feira.

Fonte: Rádio Alto Uruguai

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2018 ® - Todos os direitos reservados