Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

Lideranças da Terra Indígena Guarita não aceitam novo processo eleitoral, afirma Funai

3 de abril de 2018

A Coordenação Regional da Funai, de Passo Fundo, encaminhou nota à imprensa, nesta quinta-feira (07), detalhando a respeito de uma reunião realizada na sede da fundação (foto), na qual o vice-cacique da Terra Indígena Guarita, Marcelino Mineiro, membros da liderança indígena e membros da comunidade da Terra Indígena, reafirmaram sua intenção de não realizar eleição para sucessão do cacicado, conforme havia sugerido esta semana o Ministério Público Federal, de Palmeira das Missões.

 

Segundo a nota, ficou acertado nesta reunião que a FUNAI vai solicitar uma reunião, a ser agendada entre os dias 15 e 19 de janeiro de 2018, entre os dois grupos para que ambos cheguem a um consenso pacífico sobre a situação da Terra Indígena do Guarita. A reunião será realizada no escritório da FUNAI, em Miraguaí, com a presença do Cacique e sua liderança e de cinco membros do outro grupo e com a devida segurança para sua realização.

 

Conforme a nota divulgada, o Cacique, suas lideranças e os membros da comunidade afirmaram que a liderança tem plena soberania sobre as decisões tomadas dentro da Terra Indígena, desta forma em hipótese alguma aceitam o referido processo eleitoral citado na nota à imprensa divulgada após reunião do dia 05 de dezembro, respeitando o artigo 231 da Constituição Federal, bem como exigem dos órgãos de imprensa e demais órgãos atuantes com a questão indígena, respeito a veracidade dos fatos e a sua correta divulgação.

 

Segundo a nota, foi dito ainda no encontro pelas lideranças que não reconhecem os participantes da reunião realizada no Ministério Público no dia 05 de dezembro, como representantes da Terra Indígena do Guarita, mas sim, como membros da comunidade.

 

Todos os participantes da reunião reafirmam sua intenção de manter a paz na Terra Indígena do Guarita.

 

A decisão da liderança será enviada ao Presidente da Funai e ao Ministério Público Federal. A nota é assinada pelo cacique Marcelino Mineiro, coordenador regional substituto da Funai em Passo Fundo, Rafael Oliveira Ávila, e pelo Chefe de Divisão Técnica da Funai em Passo Fundo, Joacir Bragante de Oliveira.

 

Fonte: Funai – Passo Fundo

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2021 ® - Todos os direitos reservados