Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

Justiça destitui presidente liquidante da Cotrijuí

3 de abril de 2018

A Justiça de Ijuí decidiu, nesta segunda-feira (29), destituir do cargo o presidente liquidante da Cotrijuí, Eugênio Frizzo. A decisão, assinada pelo juiz Nasser Hatem, acontece três dias após o Ministério Público (MP) deflagrar uma operação que cumpriu 24 mandados de busca e apreensão, tendo como alvo a cooperativa e alguns de seus dirigentes.

 

A decisão da Justiça também determina que a cooperativa entre em processo de liquidação judicial (medida semelhante à recuperação judicial das empresas).

 

Foram afastados ainda, os executivos Ricardo Guioto (liquidante/adjunto), Gilmar Ribeiro Fragoso (diretor-superintendente), e Renilton Prauchener (analista executivo). Eles deverão se abster de praticar qualquer ato em nome da cooperativa.

 

Desde 2014, a Cotrijuí está em liquidação voluntária, que é extrajudicial. Desde outubro de 2017, Frizzo atuava como presidente liquidante da cooperativa. A decisão da Justiça do Estado atende a um pedido do escritório de advocacia Souto Correa, que representa um dos maiores credores da cooperativa, a empresa chinesa Chinatex Grains and Oils (H.K.) Limited.

 

Em sua decisão, o juiz de Ijuí determina a nomeação de um administrador judicial para conduzir o processo de liquidação. A pessoa que deverá assumir essa função é o advogado Rafael Brizola Marques.

 

De acordo com o jornal Zero Hora, Eugênio Frizzo afirmou que ele e os executivos afastados são favoráveis à decisão judicial, pois a situação na qual a cooperativa se encontra é “insustentável”. Frizzo disse que a diretoria se manifestou pela indicação de um administrador judicial após ser consultada pelo Judiciário sobre o caso apontado pelo credor.

 

Em relação aos supostos crimes apontados pelo MP, o presidente liquidante destituído afirma que ainda não teve acesso ao processo e não tem conhecimento sobre os indícios levantados pela investigação, mas que está tranquilo, pois sua direção não cometeu nenhum ato irregular.

 

Fonte: GaúchaZH

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2021 ® - Todos os direitos reservados