Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

Hospital se pronuncia sobre morte de bebê por meningite em Santa Rosa

Menina de nove meses consultou na tarde de segunda-feira (28), internou na manhã seguinte e faleceu no final da tarde de terça-feira (29).

5 de junho de 2018
O hospital lamenta a perda da família, mas reitera ter feito todo o procedimento possível. (Foto: Reprodução/YouTube)

O pai do bebê de nove meses que morreu por meningite no Hospital Vida & Saúde, de Santa Rosa, usou as redes sociais para cobrar explicações da casa de saúde. A morte ocorreu na terça-feira da semana passada, dia 29. Exames realizados pelo hospital comprovaram a causa da morte.

Sidinei Reginaldo, pai da menina, escreveu em seu perfil no Facebook que levou a filha até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do hospital na tarde do último dia 28, segunda-feira. Ele disse que esperou quatro horas até receber o primeiro atendimento.

Segundo o pai, a criança foi medicada com uma injeção para diminuir a febre, que beirava os 40ºC, e depois liberada. Ainda conforme Reginaldo, a médica que os atendeu receitou também medicamentos para tratar dor de ouvido. Como a criança não apresentou melhora, no início da manhã seguinte a família retornou ao hospital para consulta. A criança, então, foi internada com suspeita de infecção intestinal. A menina chegou a ser levada à UTI, mas faleceu por volta das 17h de terça-feira, dia 29.

“Desculpe pelo meu desabafo, mas o que estamos passando é a pior coisa da vida. Até agora ninguém do hospital nos ligou”, comentou Sidinei, em post publicado no sábado, dia 2.

A Meningite é um processo inflamatório das meninges (membranas que envolvem o cérebro e a medula espinhal). Pode ser causada por diversos agentes infecciosos, como bactérias, vírus, parasitas e fungos, ou também por processos não infecciosos. A ocorrência das meningites bacterianas é mais comum no inverno e das virais no verão.

O Hospital Vida & Saúde se pronunciou, por meio de nota, a respeito da morte da menina de nove meses. Segundo o hospital, todos os protocolos de segurança foram seguidos. A nota também destaca que o hospital e a UPA mantém índices de controle de infecção menores que os preconizados pelo Ministério da Saúde, portanto, sem apresentar riscos à população que procura atendimento. O hospital lamenta a perda da família, mas reitera que todo o procedimento possível foi feito para atender da melhor forma.

Nota oficial do Hospital Vida & Saúde:

“O hospital Vida & Saúde informa, em relação ao caso da paciente de nove meses, que infelizmente veio a óbito na última terça-feira, que todos os protocolos de segurança do paciente foram realizados. Ao dar entrada na UPA, que atende mais de 1.500 crianças por mês, a equipe realizou atendimento de forma correta, sendo feito exame físico completo onde foi constatado início de otite e febre (conforme informação de familiar da paciente com início à menos de 24 horas). Para isso, a paciente iniciou com antibiótico e a família recebeu orientação para manter a observação em casa conforme conduta padrão nesses casos.

Na terça-feira, assim que teve entrada no hospital também recebeu todo atendimento da equipe médica e de assistência, tanto na pediatria quanto na UTI pediátrica. A equipe de assistência social e psicologia também realizou atendimento aos familiares, após o falecimento. O pediatra assistente também realizou atendimento a família no último domingo (03/06). O hospital e a UPA mantem índices de controle de infecção menores que os preconizados pelo Ministério da Saúde, portanto, sem representar risco à população que busca atendimento junto à unidade. O hospital lamenta a perda da família, mas reitera que todo procedimento possível foi feito para atender da melhor forma.”

Fonte: Rádio Alto Uruguai

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2022 ® - Todos os direitos reservados