Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

Hospital de Três de Maio manterá atendimentos de urgência e emergência por mais 30 dias

Prorrogação dos atendimentos foi possível graças a empréstimo de R$ 600 mil utilizado para pagar honorários dos médicos

29 de setembro de 2021
Hospital de Três de Maio anuncia paralisação de atividades de emergência a partir de 1º de outubro. (Foto: Divulgação)

O Hospital São Vicente de Paulo de Três de Maio informou que vai manter os atendimentos de urgência e emergência por mais 30 dias. Conforme a direção do hospital, a instituição fez um empréstimo bancário no valor de R$ 600 mil para pagar os honorários dos médicos plantonistas que atuam na unidade e dos especialistas que ficam de sobreaviso e são chamados em caso de necessidade.

Com o financiamento obtido junto ao Sicredi, o Hospital São Vicente conseguiu saldar 60% dos valores que estavam em atraso de julho, 75% de agosto e 100% de setembro. O hospital havia anunciado no início deste mês o encerramento das atividades de urgência e emergência devido à falta de médicos para as escalas de plantões a partir de 1º de outubro.

A Rede Verzeri, mantenedora do hospital, divulgou uma carta aberta à população de Três de Maio e região. No texto, assinado pela Irmã Carla Dias, presidente em exercício da rede, a entidade salienta que permanece no aguardo de iniciativas que levem a uma solução não apenas momentânea, mas definitiva da grave situação pela qual passa o Hospital São Vicente de Paulo.

 

Leia a íntegra da carta aberta do Hospital São Vicente de Paulo:

Porto Alegre, 28 de setembro de 2021

CARTA ABERTA À POPULAÇÃO DE TRÊS DE MAIO E REGIÃO

Como é do conhecimento de todos, a Associação de Literatura e Beneficência- Rede Verzeri é Instituição gerida pelas Irmãs Filhas do Sagrado Coração de Jesus, compreendendo 4 Escolas, 3 Hospitais e 2 Centros Sociais. Nosso quadro de colaboradores conta hoje com aproximadamente 1.100 profissionais que prestam serviços pautados pela missão de atuar com excelência e sustentabilidade, nas três áreas acima citadas, à luz dos valores herdados da nossa fundadora Santa Teresa Verzeri.

Dentre estes 3 hospitais, está o Hospital São Vicente de Paulo que no dia 18 de outubro completará 85 anos de existência, atuando no atendimento da saúde da população de Trés de Maio e região. Muito além da gestão do hospital, as Irmãs Filhas do Sagrado Coração de Jesus possuem uma história afetiva e intensa na relação com esta cidade: foi em Três de Maio (na época denominada Buricá) que 7 Irmãs vindas da ltália, atenderam a um pedido de Mons. Vicente Testani para que nossa Congregação iniciasse a missão em terras brasileiras, assumindo um colégio. Três de Maio foi o berço que nos acolheu para darmos início a uma história de amor a Deus e doação ao próximo que já dura 90 anos e se espalhou por todo o Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Nordeste do Brasil, Bolívia, Paraguai e Argentina. Quanto bem realizado durante esses 90 anos! Quantas Irmãs deram suas vidas pela causa do Reino de Deus…

Estamos em Três de Maio há 90 anos, isso significa que muito antes de Três de Maio se tornar município as Irmãs estavam doando a vida pelo bem das famílias, tanto na educação quanto na saúde. O município está com 66 anos de emancipação e certamente muito contribuímos nessa história, também com a evangelização da Palavra de Deus, com a geração de empregos que muito auxiliaram na vida das famílias e na formação, através do Colégio Dom Hermeto, de profissionais que hoje exercem suas atividades nas mais variadas áreas. O pedido inicial às Irmãs era para assumir o colégio, não um hospital. Mas sentindo a necessidade do povo, as Irmãs se dispuseram a contribuir também com a construção e administração de um hospital e muito foi feito e investido para que o HSVP estivesse no porte que está hoje.

No desempenho de nossa missão sempre primamos pela fidelidade a Deus que nos chamou, pela coerência dos nossos atos, pelo respeito e pela cordialidade nas relações com as pessoas a quem somos chamadas a servir, pacientes, familiares, colaboradores, autoridades civis, militares, religiosas, enfim, o povo em geral. “Nem sempre fazemos todo o bem que queremos fazer”, como diz São Paulo na Carta aos Romanos, mas com toda certeza, buscamos a cada dia de nossas vidas “ ser sinal visível do amor de Cristo, em um serviço de caridade que ajude os irmäos e irmãs a tornarem-se conscientes de sua dignidade de filhos e filhas de Deus…”, como professamos no dia da nossa Consagração Religiosa como Irmã Filha do Sagrado Coração de Jesus.

Infelizmente às vésperas de completar seus 85 anos, o Hospital São Vicente de Paulo passa por um momento de extrema gravidade, sem recursos necessários para manter aberto o serviço de Urgência e Emergência. As despesas são bem maiores que as receitas, o que causa um prejuízo mensal que vem se repetindo historicamente e que em outras épocas já havia sido informado ao Poder Público e a população em geral. Nossa Instituição é Filantrópica, não tern por objetivo o lucro, mas isso não significa que não precise de resultados equilibrados financeiramente para poder cumprir com suas obrigações junto a médicos, colaboradores, fornecedores, etc… Apenas e tão somente precisamos que os recursos que entram (principalmente os oriundos do Poder Público para atendimento SUS) sejam capazes de cobrir os custos que saem e, como isso não ocorreu nos últimos anos, chegamos a essa situação crítica. Durante muito tempo a Rede Verzeri arcou com esse ônus, direcionando recursos de outras Unidades da Rede (Escolas e até mesmo Centros Sociais), vendendo alguns patrimônios para cobrir o pagamento dos valores. Só nos últimos 6 anos, foi coberto um déficit do hospital de mais de 10 milhões de Reais. Chegamos em um ponto que a Mantenedora e as Unidades não têm mais como suportar tais despesas.

A Constituição Brasileira, em seu artigo 6º, prevê que é dever do Estado, enquanto Poder Público (União, Estados e Municípios), “ garantir o acesso universal e igualitário às ações e aos serviços de saúde”. Nesse sentido, não cabe à nossa Instituição suportar o custeio da saúde pública na Região. Inúmeras vezes foram feitas tentativas de negociação junto ao Poder Público, inclusive em gestões anteriores. Alguns valores repassados foram reajustados, porém, permanecendo ainda insuficientes para cobrir os custos do atendimento da Urgência e Emergência. Esta situação já havia sido reportada ao Poder Público em diversas reuniões e também através da prestação de contas mensalmente enviada pelo hospital para a Secretaria Municipal de Saúde de Três de Maio. Tanto o Poder Público é conhecedor da grave situação financeira do Hospital e de que os recursos aportados são insuficientes, que a Prefeitura de Três de Maio tentou buscar maior repasse de verbas através de Projeto de Lei 021/2021, o qual foi rejeitado pela maioria dos vereadores. A partir desse fato, procuramos o Ministério Público no dia 01/09, para informar que não teríamos recursos para garantir o pagamento de nossas obrigações a partir do dia 01/10/2021.

Desde então, estivemos aguardando a manifestação das partes envolvidas, especialmente o Poder Público, que, como é do conhecimento de todos, não apresentou alternativas concretas para a solução da questão.

Sendo assim, para não deixar a população desassistida, e em nome da história de nossa Congregação em Três de Maio, a Instituição, com muito esforço e, como última possibilidade de alavancar crédito, buscou por meio de empréstimo bancário valor para aportar e sanar os débitos junto aos médicos, no que se refere aos meses de julho, agosto e setembro, bem como manter o serviço por ora. Importante salientar a parceria do Sicredi nesta operação e em outras ações realizadas em prol do Hospital São Vicente de Paulo.

Permanecemos no aguardo de iniciativas que nos levem a encontrar uma solução não apenas momentânea, mas definitiva da grave situação por que passa o Hospital São Vicente de Paulo.

Implorando as bênçãos do Sagrado Coração de Jesus sobre todo o povo de Três de Maio e região
Atenciosamente,
Irmã Carla Dias, fscj
Presidente em exercício – Rede Verzeri

Fonte: Rádio Alto Uruguai - Com informações da Rádio Colonial

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2021 ® - Todos os direitos reservados