Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

Hospital de Clínicas inicia pesquisa com plasma sanguíneo para tratar Covid-19

Instituição obteve autorização da Comissão Nacional de Ética em Pesquisa para começar o estudo no final de maio, mas a captação de recursos ainda era um obstáculo

12 de junho de 2020
Instituição é umas das referência em saúde pública no Brasil (Foto: Clóves Prates / Divulgação)

O Hospital de Clínicas de Porto Alegre deu início à pesquisa que utiliza o plasma do sangue de pacientes curados da Covid-19 para combater o novo coronavírus. O hospital obteve autorização da Comissão Nacional de Ética em Pesquisa para começar o estudo no final de maio, mas a captação de recursos ainda era um obstáculo. “Recebemos a doação da quantia necessária para o financiamento do projeto do Instituto Cultural Floresta, assim, garantindo o fomento desta pesquisa no HCPA”, confirma o coordenador do estudo e chefe do Serviço de Hemoterapia, Leo Sekine.

Sekine ressalta que a pesquisa está em fase de estruturação, com encaminhamento de cotações, compras de insumos e treinamento de equipes. “Diversos profissionais estão envolvidos na iniciativa, de forma direta e indireta, como o Serviço de Hematologia Clínica e Transplante de Medula Óssea, o Serviço de Infectologia e o Serviço de Medicina Intensiva. Mais de 30 colaboradores já se engajaram no projeto”, observa.

A primeira etapa será voltada para a coleta e armazenamento de plasma convalescente. Ao mesmo tempo, acontece a transfusão do plasma sanguíneo em pacientes acometidos pela doença. O recrutamento de doadores já iniciou. Quem está curado da covid-19 e tem interesse em participar, pode entrar em contato pelo e-mail: [email protected]
Para realizar a terapia com plasma, é necessário fazer uma transfusão de plasma do paciente curado para o infectado. A expectativa é de que os anticorpos produzidos por quem já contraiu o vírus ajudem os doentes mais graves a reagirem mais rapidamente à covid-19. Os doadores para esse tipo de tratamento devem atender aos critérios preconizados em legislação para doação de sangue, além de estarem, há mais de 14 dias, assintomáticos para a doença e apresentar um exame PCR swab nasal negativo.

O plasma sanguíneo é formado principalmente por água, sais, proteínas e anticorpos. A hipótese é de que isso ajude a reduzir os sintomas da infecção e a carga viral no organismo.

Fonte: Assessoria de Comunicação - Hospital de Clínicas

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2020 ® - Todos os direitos reservados