Gestão da Propriedade e Atividade Leiteira são abordadas em Nova Candelária – Rádio Alto Uruguai | FM 92,5 – FM 106,1
Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

Gestão da Propriedade e Atividade Leiteira são abordadas em Nova Candelária

Dia de Campo foi realizado na última quarta-feira junto a propriedade da família Kroth, na Linha Fátima.

17 de outubro de 2018
O evento é uma das atividades do Programa de Gestão Sustentável da Agricultura Familiar. (Fotos: Divulgação/Emater)

Agricultores e lideranças de Nova Candelária tiveram a oportunidade de participar de Dia de Campo sobre Gestão Sustentável da Propriedade, com ênfase na atividade leiteira, realizado na última quarta-feira (10/10), na propriedade da família Kroth, na Linha Fátima. O evento é uma das atividades do Programa de Gestão Sustentável da Agricultura Familiar, coordenado pela Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR) e executado pela Emater/RS-Ascar, beneficiando 39 famílias do município.

Na estação sobre gestão sustentável da agricultura familiar, o produtor Fábio André Kroth relatou a rotina das duas famílias que trabalham de forma conjunta nas diferentes atividades da propriedade, de modo especial na produção do leite, na suinocultura e na produção de alimentos para subsistência. O secretário municipal da Agricultura, Mário Schneiders, explicou sobre a execução e as formas de acesso a programas municipais de apoio à atividade leiteira.

O extensionista da Emater/RS-Ascar, engenheiro de produção Elir Paulo Pasquetti, expôs sobre o desenvolvimento do Programa de Gestão Sustentável da Agricultura Familiar, com destaques para os indicadores técnicos e econômicos da propriedade da família Kroth. Ressaltou que no último ano agrícola a família comercializou 224.343 litros de leite, com um custo de R$ 0,58/litro, e preço médio de venda de R$ 1,20, neste mesmo período.

Os participantes também acompanharam estação sobre produção para autoconsumo, sob a coordenação da assistente técnica regional social Vanessa Gnoatto e da extensionista social Ana Carolina Schittler, que destacaram a importância de ações para promoção da segurança e da soberania alimentar na propriedade. A relevância da produção de autoconsumo na propriedade foi reafirmada pelas agricultoras Marli e Carine Kroth, sendo que a produção de alimentos para consumo próprio representa um montante médio anual de R$ 21.043,60, ou seja, 85% do que as duas famílias consomem anualmente é produzido na propriedade.

O manejo e conservação do solo foram temas da estação conduzida pelo assistente técnico regional em Manejo de Recursos Naturais da Emater/RS-Ascar, Fernando Dorneles Fagundes, que apresentou orientações sobre a adubação das culturas conforme a análise do solo. O médico veterinário, Renan Steffler, coordenou a estação sobre manejo sanitário do rebanho leiteiro, enfocando doenças reprodutivas do rebanho e o calendário de vacinação para a prevenção das doenças.

A nutrição do gado leiteiro foi enfatizada na estação do médico veterinário da Emater/RS-Ascar, de Santa Rosa, Guilherme Dahmer. Na oportunidade destacou a produção de forragem de qualidade nas propriedades e a complementação da dieta alimentar com ração balanceada, conforme a produção de cada vaca. Ao final, o prefeito de Nova Candelária, Renato Antônio Müller, destacou a importância da capacitação técnica dos produtores para terem sucesso na atividade, bom como a importância do leite na economia local.

Fonte: Emater/RS-Ascar

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2018 ® - Todos os direitos reservados