Filosofia da Vida – Edição 5 – Padre Rudinei da Rosa – Rádio Alto Uruguai | FM 92,5 – FM 106,1
Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

MANCHETES

Filosofia da Vida – Edição 5 – Padre Rudinei da Rosa

Como acontece em todas as tragédias há uma pergunta direta: onde está, ou estava Deus que não impediu?

13 de dezembro de 2018

Foi com espanto que presenciamos ontem pelos jornais a triste notícia de um homem que atirou contra fiéis durante a missa na catedral metropolitana de Campinas (SP).

Como acontece em todas as tragédias há uma pergunta direta: onde está, ou estava Deus que não impediu? Por que Deus permite isso? E em se tratando de uma Igreja, horário de missa esta pergunta não é apenas óbvia, mas ela é profundamente necessária.

A saída mais fácil, a resposta mais tranquila e que não nos desafia é a seguinte: Deus não existe, logo não intervém. Assim tudo é possível. Muitos filósofos trilharam este caminho de reflexão. Nietzsche chegou inclusive a dizer: “Deus está morto.” Muitos pensadores consideraram Deus um delírio, uma ilusão, algo fruto da imaginação humana.

Segundo eles, basta olhar para o mundo e suas tragédias para ver que não existe um ser benevolente e misericordioso como rezam todas as crenças e religiões.

Diante das tragédias, pra quem não gosta de pensar, a coisa mais fácil e cômoda é dizer que Deus não existe. Fica tudo simples não? Tudo se resume a vontade e loucura humana. Deus não existe. Estamos sozinhos. Tudo só depende de nós. Todas as religiões se enganaram. Pensar assim é profundamente cômodo e isso não oferece nenhum desafio a razão. Tudo é acaso e necessidade. Você continua pescando, jogando, escutando música até morrer.

Eu particularmente não suportaria uma vida de pensamentos tão simples e consoladores assim. Acredito que nascemos para pensar e pensar muito, para questionar e ir além de horizontes tão curtos de reflexão. É muito fácil dizer: Deus não existe. É mais desafiador é humano perguntar: onde ele estava? Quem é Deus diante disso? Quem somos nós? o que é o sofrimento? O que é a injustiça? Por que matamos? Se eu escolho analisar o mundo e tudo o que acontece partindo da existência de Deus eu preciso pensar e a maioria não quer fazer isso.

É próprio da inteligência, da razão e da fé responder a esta questão. Por isso todos aqueles que pensam e não se contentam com respostas prontas analisarão com cuidado o mistério e a grandeza desta pergunta. Muitos irão ironizar Deus, a igreja e a fé. Eu vos desafio a pensar.

Não se trata de dizer que todos precisam acreditar em Deus ou ter religião. Mas é muito fácil dizer que Deus não existe. Faz parte da história do pensamento e da razão questionar Deus. Os que pensam pouco sempre perguntarão onde está Deus quando morre uma criança, mas nunca farão a mesma pergunta quando muitas outras nascem e crescem. Os que pensam de maneira limitada sempre perguntarão onde está Deus nas vítimas da guerra, mas nunca perguntarão porque não se coloca em prática o mandamento da lei de Deus que diz: não matar. Os que não querem pensar nunca perguntarão onde está Deus quando inimigos se perdoam. Os que pensam pouco questionarão Deus apenas quando as coisas dão errado. Os que usam a razão com lógica, que se desafiam a pensar mais perguntarão por Deus em tempos de paz, de abundância e saúde.

Por isso desafio você a pensar mais, a questionar mais. Fundamente suas ideias. Leia mais. Frequente mais a biblioteca e menos o Facebook. Estude mais teologia e assim você estará mais preparado para falar de Deus. Estude mais filosofia e assim mais do que simplesmente negar ou afirmar alguma coisa você saberá argumentar seus propósitos com inteligência.

Abraço a todos!

*Texto: Padre Rudinei da Rosa

**O programa Filosofia da Vida – Reflexões sobre o Cotidiano, é apresentado na Rádio 92 FM, todas as quartas-feiras, às 9h55min.

Fonte: Rádio Alto Uruguai

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2018 ® - Todos os direitos reservados