Filosofia da Vida – Edição 1 – Padre Rudinei da Rosa – Rádio Alto Uruguai | FM 92,5 – FM 106,1
Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

MANCHETES

Filosofia da Vida – Edição 1 – Padre Rudinei da Rosa

4 de dezembro de 2018

A poucos dias atrás nosso calendário marcava o dia de finados: dois de novembro, sexta-feira. Vivemos nesse dia, conforme nosso costume e tradição, esta experiência da visita ao cemitério, a cruz, flores, lágrimas silêncio, saudade e prece.

Me lembra nesse momento a frase de alguém que disse certa vez: “As lágrimas mais doloridas e amargas derramadas sobre os túmulos são aquelas pelas palavras não ditas e gestos não realizados” (Harriet B. Stowe).
A morte lembra a cada um de nós não somente o destino mais próximo de quem está ao nosso redor mas o nosso próprio caminho. Não fomos ao cemitério só para ver onde os outros chegaram mas para também ver onde nós próprios chegaremos (inclusive, talvez, ainda no dia de hoje), e o que sobrará para nós: uma data, uma frase e uma lápide de mármore.

Então vem a pergunta: você vai viver de qualquer maneira ou vai aproveitar bem o teu dia? Vai dizer que ama hoje ou vai esperar até amanhã? Vai abraçar e dar carinho hoje ou vai ver se tem espaço na tua agenda? Cuidado para não ser a sua vez de derramar a lágrima dolorida e amarga sobre túmulos no dia de amanhã. A vida é um grande presente, uma grande dádiva e dom que você precisa fazer valer a pena. Não desperdice seus dias. A vida é hoje, ame-a. por quanto tempo a pessoa que você ama estará ao seu lado? Não é questão de ficar com medo, é questão de não desperdiçar nosso tempo. Aproveite a cia, sorria junto, visite… converse… ligue…

Kierkegaard, filósofo dinamarquês disse certa vez: “todos nós precisamos ter uma causa, uma verdade pela qual vale a pena viver e morrer todo dia”. Não basta viver, é preciso saber se a vida que estamos vivendo vale a pena. E sabemos que a vida vale a pena quando não somente vivemos comendo pão, pagando conta e chegando ao cemitério. A vida vale a pena quando amamos de verdade. E o amor é lazer, descanso, abraço, família e carinho. Amor é pôr – do- sol, tererê ou chimarrão na praça, no jardim de casa ou na pizza do sábado a noite.

O valor da vida está no detalhe. Não mão que se segura outra mão, na lágrima consolada, na palavra que refaz o ânimo e a esperança; a vida está na sinceridade do sorriso, do coração que se apaixona e no silêncio que tudo compreende e perdoa. E a morte onde está? Pois bem, a morte é o próximo minuto ou hora que talvez nunca chegue. O dia que pode não amanhecer, a flor esquecida pelo caminho, o lugar a mesa que ficará vago para sempre.

Então levantemo-nos, a vida está ai para ser vivida, amada e cuidada. A vida é decisão, coragem e recomeço a cada dia. Faça sua parte. Tome café com seus filhos, cumprimente seu vizinho. Ande devagar na rua. Dê uma flor a sua esposa, ajude a lavar a louça. A vida é simples. A amor é simples. E finalizo com a frase do filósofo alemão Friedrich Nietzsche: “se houver amor em sua vida, isso pode compensar muitas coisas que lhe fazem falta. Caso contrário, não importa o quanto tiver, nunca será o suficiente”.

Assim desejo a todos um excelente dia! Faça a diferença na vida de alguém hoje. Seja a diferença para você mesmo. Uma longa caminhada começa com o primeiro passo. Abraço de paz e bênçãos a todos!

*Texto: Padre Rudinei da Rosa

**O programa Filosofia da Vida – Reflexões sobre o Cotidiano, é apresentado na Rádio 92 FM, todas as quartas-feiras, às 9h55min.

 

Áudio do programa

Fonte: Rádio Alto Uruguai

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2018 ® - Todos os direitos reservados