Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

Federações e deputados enviam carta ao governador pedindo alterações no plano de distanciamento

Documento foi assinado por Federasul, Farsul, Fecomércio e Fiergs, além de 17 deputados federais, e entregue na quarta-feira ao governador

23 de julho de 2020
Palácio Piratini, sede do poder executivo estadual, em Porto Alegre (Foto: Casa Civil RS / Divulgação)

Federações que representam o setor produtivo do RS e deputados federais, assinaram uma carta conjunta, que foi encaminhada ontem ao governador Eduardo Leite, pedindo ao governo alterações no Plano de Distanciamento Controlado.

Federasul, Farsul, Fecomércio e Fiergs, além de 17 deputados federais sugerem alternativas e expõem a enorme preocupação com o agravamento da situação de saúde, econômica e social que acomete o Rio Grande do Sul.

O núcleo do documento afirma que a classe produtiva, bem como os trabalhadores vêm suportando todas as agruras sociais e econômicas na esperança de superarmos juntos a pandemia.

Outro importante destaque do documento é a conscientização de que o período do inverno contribui para o contágio de vários tipos de vírus, inclusive o da Covid-19, e que tal proliferação infecciosa é histórica, nada tendo a ver com a reabertura gradual da economia. O comunicado reafirma que a classe produtiva vem observando os rigorosos protocolos de prevenção do contágio e com seus custos cobertos pelo que ainda resta de recursos no setor privado.

Na visão das Federações, é preciso dar um passo à frente, a fim de aperfeiçoar as formas de ação no enfrentamento, garantindo a vida e a sobrevivência dos gaúchos. A carta pleiteia as modificações no tocante à política de avaliação de risco, simbolizada pelas cores de bandeiras, que tenha um caráter mais indicativo e menos impositivo, ficando sua execução a critério das Associações Regionais de Municípios.

Além disso, as Federações reafirmam o interesse de colaborar de forma mais intensa, para que haja uma parceria ainda maior com o Governo Federal, no sentido de executar uma estratégia de testagem maciça e frequente da população de risco, visando promover o rastreamento, localização e isolamento temporário dos possíveis portadores do vírus.

Outro item é a substituição do fechamento de empresas por uma política ampla e robusta de testagem da população, iniciando pelas regiões também de maior risco. Federasul, FAarsul, Fecomércio e Fiergs solicitam, também, que a Secretaria Estadual da Saúde disponibilize o tratamento precoce, nos casos onde houver decisão do médico e desejo do paciente em utilizá-lo.

Além da retomada econômica, as entidades assumem o compromisso de fazer essa construção e intermediação, inclusive na área dos recursos que forem necessários, junto ao Governo Federal, para transformar o Rio Grande do Sul em um case de sucesso na superação dessa pandemia.

Leia a íntegra do documento clicando aqui

Fonte: Rádio Alto Uruguai - com informações da Federasul

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2020 ® - Todos os direitos reservados