Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

Estudo analisa casos de Dengue nos últimos anos na região Celeiro

Acadêmicos da UFSM realizaram estudo a partir de dados disponíveis no DataSUS. Coronel Bicaco, Três Passos e Bom Progresso registram maior prevalência de casos no período avaliado

26 de novembro de 2021
Estudantes e professora responsáveis pelo estudo. (Foto: Divulgação/Arquivo Pessoal)

Acadêmicos do 3º semestre do Curso de Enfermagem da UFSM, Campus Palmeira das Missões, realizaram um estudo sobre os casos de Dengue registrados na região Celeiro. A análise foi realizada pelos estudantes Juliana Fernanda Mallmann, Bruno Winter e Ivana Sulczewski, sob orientação da professora Vanessa Ramos Kirsten, na disciplina de Epidemiologia “A”.

Foram analisados os casos da doença nos últimos sete anos nos municípios que compõem a região Celeiro. O objetivo foi traçar, através de uma análise de dados disponíveis no DataSUS, o perfil epidemiológico da Dengue em 15 cidades pertencentes à região Celeiro entre os anos de 2014 e 2020. O estudo foi apresentado durante a 36ª Jornada Acadêmica Integrada (JAI) da UFSM que ocorre nesta semana, entre 22 e 26 de novembro, de forma virtual.

O estudo analisou variáveis como número de notificações por município, faixa etária, sexo, raça, escolaridade, bem como a taxa de prevalência. Seis cidades foram excluídas da análise por ausência de dados. O DataSUS traz “dados prováveis” por contemplarem também os casos notificados que foram descartados posteriormente.

Tabela com o número de casos de Dengue registrados em cada município da região Celeiro, conforme o DataSUS:

Gráfico fornecido pelos acadêmicos reúne casos de Dengue registrados nos últimos anos na região. (Imagem: Divulgação)

Coronel Bicaco, Três Passos e Bom Progresso registram maior prevalência de casos

A região Celeiro faz parte de três Regiões de Saúde que representam cerca de 40% dos casos de todo o Rio Grande do Sul. Os anos com maiores registros foram 2019, com 142 casos; e 2020, com 824 registros. No período avaliado, Coronel Bicaco obteve a maior prevalência com 3,5%, seguido por Três Passos com 2,3% e Bom Progresso com 1,9%.

A prevalência refere-se ao número de casos de uma doença em uma população, durante um período específico de tempo. Deste modo, ela determina o número total de casos de uma doença em uma dada população e o impacto que isso tem na sociedade.

Em relação à faixa-etária e sexo, o público mais acometido foi de 20 a 59 anos com 672 registros, desses, cerca de 61% correspondem ao sexo feminino, fator predominante na maioria das faixas-etárias, com exceção do grupo entre 1 a 9 anos. A raça branca é descrita em cerca de 90% dos casos.

De acordo com a escolaridade, aproximadamente 40% dos dados constam como ign/branco respectivamente, 26% têm ensino médio completo ou incompleto e uma parcela significativa (15%) são analfabetos ou estudaram até o Ensino Fundamental. O termo “ign/branco” significa que a informação foi deixada em branco no momento da notificação.

O território da região Celeiro está dividido em três Regiões de Saúde, sendo a Região 20 – Rota da Produção (15ª Coordenadoria de Saúde com sede em Palmeira das Missões); Região 13 – Diversidade (17ª Coordenadoria de Saúde com sede em Ijuí); e Região 15 – Caminho das Águas (19ª Coordenadoria de Saúde com sede em Frederico Westphalen).

O que é a Dengue

A dengue é uma doença infecciosa febril aguda causada por um vírus pertencente à família Flaviviridae, do gênero Flavivírus e é transmitido pela fêmea do mosquito-vetor Aedes aegypti. No Brasil, tem se mostrado uma doença reemergente nos últimos anos e constitui-se um dos principais problemas de saúde pública por seu elevado grau de morbidade e mortalidade.

Conclusão

A partir da análise dos dados, o estudo conclui que a região Celeiro se caracteriza como importante área endêmica, com eventos epidêmicos associados, quando se observa dados em um período longo.

Além disso, identificou-se três municípios da região com o maior índice de prevalência de casos: Coronel Bicaco, Três Passos e Bom Progresso respectivamente, representando locais com maior necessidade de atenção e medidas de controle para a prevenção e eliminação do vetor.

No entanto, precauções devem ser tomadas em todos municípios a fim de conter o avanço da doença.

No link abaixo, acesse o resumo do trabalho acadêmico:

Dengue JAI .docx

Fonte: Rádio Alto Uruguai

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2022 ® - Todos os direitos reservados