Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

Estiagem: Ministra da Agricultura estará em Santo Ângelo nesta quarta, visitando propriedades afetadas

Ministra da Agricultura diz que estiagem no RS é "preocupante" e que Brasil tem "problema crônico" com irrigação

11 de janeiro de 2022
Ministra Tereza Cristina (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom / Agência Brasil)

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, visitará amanhã e quinta-feira (13/01) propriedades afetadas pela estiagem nos estados do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina, do Paraná e do Mato Grosso do Sul.

Nesta quarta-feira, a ministra percorrerá a região de Santo Ângelo (RS) e Chapecó (SC). Na quinta, serão visitadas propriedades em Cascavel (PR) e Ponta Porã (MS).

Na véspera da visita ao Rio Grande do Sul para discutir formas de combater os efeitos da estiagem que atinge o Estado, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse ao programa Gaúcha Atualidade, da Rádio Gaúcha, nesta terça-feira (11), que a situação é “preocupante” e está “se tornando crítica”. Segundo ela, uma das soluções seria ampliar os investimentos em irrigação, mas que este é um problema geral no país.

“Infelizmente temos um problema crônico no Brasil com irrigação. Tivemos um avanço pouco melhor nos últimos três ou quatro anos, mas está muito aquém do que merecia. Temos problemas com a legislação. E temos um erro de percepção: muita gente acha que, se você irrigar, está tirando água. Ao contrário. Fazendo reservatórios, a água fica armazenada para animais e para irrigar”, disse.

Na segunda-feira (10), mais de 380 prefeitos gaúchos entregaram um documento com 15 solicitações ao governo do Estado com a meta amenizar os efeitos da estiagem. Outras 13 reivindicações, em âmbito federal, serão encaminhadas diretamente à ministra da Agricultura durante a visita dela a algumas das regiões atingidas — ao todo, 157 cidades já decretaram situação de emergência devido ao período sem chuvas, de acordo com a Defesa Civil.

No Estado, Tereza Cristina se reunirá com entidades e representantes locais para ouvir problemas, sugestões e demandas. Com ela, virão diretores do Banco Central e do Banco do Brasil, além de membros do Sicredi.

“Ouviremos os prefeitos e a Farsul (Federação da Agricultura), pois é um assunto que realmente é preocupante para o Estado do Rio Grande do Sul. É um assunto que não é de hoje, vem do ano passado, e a situação acaba se tornando crítica”, disse a ministra.

“Vamos fazer uma análise com as entidades, os prefeitos e o Estado. Voltaremos a Brasília e vamos encaminhar o que pode ser feito. Não depende apenas do ministério, depende do governo, do Banco Central e de outras entidades”, completou.

Fonte: Rádio Alto Uruguai

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2022 ® - Todos os direitos reservados