Estelionatário tenta aplicar golpe telefônico em idosa de Humaitá – Rádio Alto Uruguai | FM 92,5 – FM 106,1
Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

Estelionatário tenta aplicar golpe telefônico em idosa de Humaitá

O homem disse ser integrante do Conselho Nacional de Previdência e informou que a idosa teria direito a valores atrasados.

18 de outubro de 2018

Um estelionatário tentou aplicar golpe telefônico em uma idosa na manhã desta quinta-feira em Humaitá. O homem disse ser integrante do Conselho Nacional de Previdência e informou que a idosa teria direito a valores atrasados. A filha da idosa descobriu que o caso se tratava de um golpe após buscar informações na internet. Ela entrou em contato com a Rádio Alto Uruguai a fim de alertar a comunidade sobre a tentativa de golpe.

Recentemente a Secretaria de Previdência do Ministério da Fazenda emitiu um alerta a respeito deste tipo de fraude. Estelionatários entram em contato com segurados da Previdência, por telefone, fingindo ser integrantes do Conselho Nacional de Previdência (CNP). O objetivo é extorquir as vítimas. Sob a falsa alegação de que o cidadão teria direito a receber valores atrasados de benefícios pagos pela Previdência Social, eles solicitam o depósito de determinada quantia em uma conta bancária, afirmando que essa “taxa” seria necessária para a liberação de um suposto pagamento que, na verdade, não existe.

A Secretaria de Previdência esclarece que todos os serviços e valores a receber, quando realmente existentes, são disponibilizados de forma gratuita aos segurados. Além disso, em nenhuma hipótese, membros de Conselhos ligados à Secretaria de Previdência entram em contato com segurados da Previdência Social. A Secretaria não solicita dados pessoais dos segurados por e-mail ou telefone e tampouco faz qualquer tipo de cobrança para prestar atendimento ou para realizar seus serviços.

A recomendação aos segurados é de que não recorram a intermediários para entrar em contato com a Previdência Social e, em hipótese alguma, depositem qualquer quantia para ter direito a algum benefício. Orienta-se ainda que não sejam fornecidos dados pessoais a terceiros. As vítimas devem registrar boletim de ocorrência na Polícia Civil e comunicar o fato à Ouvidoria do INSS. Para entrar em contato com a Ouvidoria, basta ligar 135 ou acessar a página do INSS na internet (www.inss.gov.br).

Fonte: Rádio Alto Uruguai - Com informações da Ascom – Ministério do Desenvolvimento Social

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2018 ® - Todos os direitos reservados