Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

Esperança do Sul: Laudo do Lacen-RS apresentado pelo município atesta que óbito de idosa não foi por Covid-19

Posicionamento foi sustentado pelo secretário de saúde do município, Ademir da Cruz, em entrevista exclusiva à Rádio Alto Uruguai, nesta quinta-feira. Secretaria de Saúde do RS teve outro entendimento e levou em consideração o contato da vítima com pacientes que haviam positivado para Covid-19

14 de maio de 2020
Laudo oficial emitido pelo Lacen-RS (Foto: Reprodução / Secretaria de Saúde de Esperança do Sul)

Devido a informações desencontradas a respeito do óbito de uma idosa, de 80 anos, no Hospital de Caridade de Três Passos (HCTP), ocorrido na última segunda-feira, 11 de maio, a reportagem da Rádio Alto Uruguai entrevistou, com exclusividade, na manhã desta quinta-feira (14), o secretário de Saúde de Esperança do Sul, Ademir da Cruz, já que a idosa era moradora daquele município.

Assim como já havia confirmado ontem à nossa reportagem, na entrevista desta quinta o secretário sustentou a informação de que a idosa não teve diagnosticado o novo coronavírus. Ademir ressalta que o laudo oficial, encaminhado pelo Laboratório Central de Saúde Pública do RS (Lacen), após a coleta de teste PCR, atesta que a paciente não contraiu a Covid-19, apesar dela ter tido contato com familiares que tiveram confirmado o diagnóstico de coronavírus e que estavam cuidando da mulher, enquanto ela estava acamada, em sua residência.

Outros dois testes rápidos, realizados na semana passada, nos dias 4 e 7 de abril, também deram resultado negativo.

Em contato com a 19ª Coordenadoria Regional de Saúde, com sede em Frederico Westphalen, órgão de representação da Secretaria Estadual de Saúde, ao qual o município de Esperança do Sul é vinculado, a informação que o secretário recebeu é de que a Secretaria de Saúde do RS preferiu confirmar a infecção por Covid-19 pelo atestado de óbito, emitido pelo médico responsável pelo atendimento da vítima, em detrimento ao laudo do Lacen-RS. Neste atestado, o profissional informou que a causa de óbito foi insuficiência respiratória e infecção por COVID-19.

Importante referir que o atestado de óbito foi emitido na segunda-feira, 11 de maio, data do óbito da paciente e, portanto, antes da divulgação do laudo do Lacen-RS, que trouxe o resultado negativo, na quarta-feira, dia 13 de maio.

A Secretaria Estadual de Saúde também considerou dados epidemiológicos de contato da paciente com familiar que positivou para Covid-19.

Apesar do exame avaliado pelo Lacen-RS atestar o caso como negativo para o novo coronavírus, não há previsão de que a Secretaria de Saúde do RS retifique esta informação. A administração municipal de Esperança do Sul solicitou que esta confirmação no boletim epidemiológico do estado seja reconsiderada.

Ainda na manhã desta quinta-feira, a Secretaria de Saúde de Esperança do Sul emitiu um comunicado oficial, na página da prefeitura municipal, no Facebook, esclarecendo estas informações.

COMUNICADO DA SECRETARIA DE SAÚDE DE ESPERANÇA DO SUL

A Secretaria Municipal de Saúde de Esperança do Sul vem, através desta, procurar esclarecer as informações desencontradas referente ao óbito que a Secretaria Estadual de Saúde do Estado do Rio Grande do Sul registrou como sendo causada por COVID-19, de uma idosa de 80 anos de idade.

Tendo em vista os 3 testes realizados nessa paciente, sendo 2 testes rápidos, nos dias 04 e 07 de abril, realizados pela Secretaria Municipal de Saúde, bem como o resultado recebido do Lacen, o qual foi coletado pelo Hospital de Caridade de Três Passos após o óbito da idosa, onde todos resultaram em negativo para COVID-19.

A Secretaria de Saúde sustenta a informação de que o óbito não se deu por infecção por Coronavírus.

Porém a Secretaria Estadual de Saúde do Estado do Rio Grande do Sul, considerando dados epidemiológicos de contato da paciente com familiar que positivou para COVID-19, e considerando o atestado de óbito preenchido pelo médico do HCTP, onde consta que a causa de óbito foi insuficiência respiratória e infecção por COVID-19, considera esse óbito sendo provocado por Coronavírus, não levando em conta os resultados dos exames, tanto dos testes rápidos, como do Lacen.

Teste rápido, realizado na semana passada

Fonte: Rádio Alto Uruguai

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2020 ® - Todos os direitos reservados