Disputa de liderança em terra indígena motiva ação da Polícia Federal em Tenente Portela e Redentora – Rádio Alto Uruguai | FM 92,5 – FM 106,1
Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

Disputa de liderança em terra indígena motiva ação da Polícia Federal em Tenente Portela e Redentora

Policiais devem cumprir 38 mandados de busca e apreensão e 14 de prisão preventiva

19 de novembro de 2019
Operação Guarita ocorre na região Celeiro (Foto: Polícia Federal / Divulgação)

A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta terça-feira a operação Guarita, que apura crimes ocorridos em razão de disputa pela liderança de terra indígena localizada na região Noroeste do Rio Grande do Sul. Cerca de 200 policiais devem cumprir 38 mandados de busca e apreensão e 14 de prisão preventiva na comunidade indígena de Guarita, localizada nas cidades de Redentora e Tenente Portela

A PF instaurou inquéritos para apurar um atentado ocorrido em 19 de outubro, contra o cacique da Guarita, e o homicídio de um indígena e a tentativa de homicídio de outros dois, no dia 07 de novembro, na mesma região. Os crimes investigados são homicídio qualificado, tentativa de homicídio qualificado, incêndio majorado, dano qualificado e formação de milícia armada.

A ofensiva conta com o apoio da Polícia Civil e da Brigada Militar.

Fonte: Polícia Federal

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2018 ® - Todos os direitos reservados