Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

Dia Internacional da Mulher é homenageado por Zilá em Grande Expediente

3 de abril de 2018

A deputada estadual Zilá Breitenbach (PSDB) ocupou o espaço do Grande Expediente na sessão plenária desta quinta-feira (8), para homenagear as mulheres pelo Dia Internacional da Mulher.

 

Em sua fala, a deputada recordou que, desde 1975, as Nações Unidas decidiram consagrar o dia 8 de março como o Dia Internacional da Mulher, em comemoração à longa jornada pela igualdade, o rompimento de preconceitos e luta por avanços na vida de cada mulher, que transforma diariamente o mundo, o Brasil e o nosso Rio Grande do Sul.

 

Zilá, ainda lembrou das conquistas femininas ao longo dos anos e chamou atenção para espaços que elas ainda podem ocupar. “Inegavelmente, ao longo dos anos, nós mulheres consolidamos posições de destaque em diversas áreas. Profissões que no século passado eram dominadas por homens, passaram a ser preenchidas por nós, mulheres. Passamos a ocupar posições de gestão, de tomada de decisões e de governabilidade. Timidamente, pois levantamento aponta que apenas 20% dos cargos executivos são ocupados por mulheres”, enfatiza.

 

Ainda conforme a deputada, a disparidade de gênero nos cargos de decisão não é exclusiva da administração pública, pois esse cenário se repete no setor privado. “O Panorama Mulher, mostra que apenas 8% das empresas privadas são presididas por mulheres. Mas, também não podemos só lamentar. Estamos de parabéns! Em passos largos estamos reduzindo a distância entre homens e mulheres empreendedores no mundo. Dados apontam que no Brasil entre 2015 e 2017 a atividade empreendedora entre mulheres subiu 10%. E o percentual de mulheres que tem iniciado negócios inovadores é 5% superior ao de homens”, comemora a parlamentar.

 

Observou, ainda, que as diferenças entre homens e mulheres, no mercado de trabalho, vão além da desigualdade salarial. “No Brasil e em diversos outros países da América Latina, as mulheres continuam tendo menor participação nas atividades econômicas, são maioria no trabalho informal e entre a população desempregada mas continuam sendo as maiores vítimas de assédio moral e sexual. Cabe a nós parlamentares, prefeitas, vereadoras, lideranças comunitárias e religiosas, lutar para romper as barreiras das desigualdades ainda existentes”.

 

AVANÇO NA LUTA POR MAIS RIGOR NA LEGISLAÇÃO QUE TRATA DO ABUSO SEXUAL

Como presidente da Frente Parlamentar em Defesa das Vítimas de Violência, Zilá enfatizou a aprovação pelo plenário da Câmara dos Deputados do projeto que promove mudanças no Código Penal para aumentar a punição para estupro coletivo, divulgação de cenas de estupro, além de tipificar o crime de "importunação sexual", conhecido pelo assédio sexual em espaço público.

 

“A aprovação destes textos foi mais um passo na busca por proteção. É triste acompanhar nos noticiários as estatísticas sobre os abusos e constrangimentos que as mulheres passam diariamente, mudanças e atualizações no Código Penal precisam ser feitas com urgência. Desejo que não precisemos esperar até o próximo 08 de março para que esta legislação ande e seja sancionada, penalizando com mais rigor todos que cometerem crimes contra as mulheres”, ressaltou a deputada.

 

Ainda em seu pronunciamento, Zilá ainda fez um apelo para que as mulheres participem mais da política, uma vez que no ranking divulgado pela União Interparlamentar, na América do Sul o Brasil é o país com menor representação parlamentar feminina. “A participação política das mulheres e a ocupação de cargos eletivos, está muito aquém dos avanços adquiridos em outras áreas. Vamos seguir incentivando cada vez mais mulheres a participarem da política, a ocupar estas cadeiras e nos representar. Pois as mudanças acontecem através da política. Não podemos não participar destes debates!”, ressalta.

 

PRESENÇAS
Compuseram a Mesa das autoridades: a diretora do departamento de Política para Mulheres do RS, Salma Valêncio, representando oGoverno do Estado; a subprocuradora-geral de Justiça de Gestão Estratégica, Ana Cristina Petrucci; a secretária-adjunta de Educação do RS, Iara Wortmann; a representante da Federasul, presidente do Conselho da Mulher Empreendedora, Michele Modelski; e a secretária-adjunta da secretaria municipal de Educação de Porto Alegre, Ivana Genro Flores.

 

APARTES
Em apartes, manifestaram-se os deputados: Lucas Redecker (PSDB), Liziane Bayer (PSB), Stela Farias (PT), Tiago Simon (PMDB) e Luís Augusto Lara (PTB).

 

Fonte: Gabinete Deputada Zilá Breitenbach

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2020 ® - Todos os direitos reservados