Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

Dia D de vacinação contra pólio e sarampo foi um grande sucesso em Três Passos

Município já superou os 90% de vacinação do público alvo da campanha. Meta de 95% deve ser atingida nos próximos dias

20 de agosto de 2018
A região com os melhores números da campanha são os municípios da 19ª Coordenadoria Regional de Saúde, com sede em Frederico Westphalen (Foto: Camila Domingues/Palácio Piratini)

A mobilização e divulgação sobre o Dia D de vacinação contra a pólio e o sarampo, valeram a pena na cidade de Três Passos. Até quarta-feira da semana passada, o município havia atingido apenas 9% da meta de vacinação para o sarampo e 8,81% para a poliomielite. No sábado, por detalhes não foi atingida a meta mínima para a campanha.

Os números atualizados mostram que 937 crianças foram imunizadas contra a poliomielite (paralisia infantil), totalizando 91,68%, e 931 crianças vacinadas contra o sarampo, atingindo 91,10% do público-alvo. A meta é a vacinação de 95% das crianças que integram os grupos de risco (de um ano a menores de cinco).

A enfermeira Rejane Ceolin, que coordena o setor de vacinação da Secretaria Municipal de Saúde, reforça aos pais que a campanha segue até o dia 31 de agosto. Em Três Passos, a vacinação está sendo realizada em postos de saúde de referência para cada dia da semana, em função das doses fracionadas, evitando o desperdício do material.

Roteiro de vacinação nos postos de saúde em Três Passos

O roteiro é o seguinte: nas segundas-feiras (postos de saúde dos bairros Santa Inês e Erico Veríssimo); nas terças-feiras (postos de saúde dos bairros Santa Inês e Webers); nas quartas-feiras (posto de saúde de Padre Gonzáles); nas quintas-feiras (posto de saúde do bairro Pindorama); nas sextas-feiras (posto de saúde do Centro). O posto de saúde de Bela Vista, que participou do Dia D, ainda terá vacinação apenas no dia 27 de agosto.

A equipe de saúde do município está confiante em atingir a meta mínima estipulada pela campanha, de 95% de imunização para as crianças entre um ano e menores de cinco anos de idade. A 19ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS), com sede em Frederico Westphalen, a qual Três Passos integra, é a região que apresenta os melhores números para a campanha em todo o estado.

Crissiumal

No município de Crissiumal, do total de 584 crianças que precisam ser vacinadas contra a pólio e o sarampo, 368 crianças foram imunizadas até o momento, representando 63% do total. Com a realização do Dia D, no último sábado, houve avanço no número de imunizações, mas a Secretaria Municipal de Saúde reconhece que o índice de vacinação ainda está baixo e será necessária uma ampla mobilização nos próximos dias para se atingir a meta de 95%.

Números no RS

A campanha nacional de vacinação contra a poliomielite e o sarampo alcançou 50% do público-alvo (que são todas as crianças de 1 ano a menores de 5) no Rio Grande do Sul. Isso representa mais de 530 mil doses aplicadas desde o início da estratégia, em 6 de agosto. Desse total, estima-se que aproximadamente 250 mil tenham sido aplicadas nesse último sábado (18), que foi o Dia D de mobilização, com a abertura extraordinária de 1,8 mil postos de vacinação no estado. A campanha prossegue até o dia 31 deste mês e a meta é chegar a 95% de cobertura das crianças nesta faixa etária.

A região com os melhores números da campanha são os municípios da 19ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS), com sede em Frederico Westphalen. As 26 cidades do Norte do estado que compõem a coordenadoria já passaram dos 70% de cobertura nas duas vacinas (Três Passos já ultrapassou os 90%).

As regionais com sede em Erechim (11ª), Ijuí (17ª), Santa Rosa (14ª), Palmeira das Missões (15ª), Santo Ângelo (12ª) e Cachoeira do Sul (8ª) também estão entre as com maiores coberturas, todas elas acima dos 60%.

Por outro lado, os 66 municípios da Região Metropolitana (que fazem parte das 1ª e 2ª CRS) são os com médias de coberturas mais baixas. Ambas as coordenadorias ainda estão com menos de 50% de cobertura já registrada no sistema de informações.

Coordenadorias de Saúde:

1ª CRS (sede Porto Alegre): 47,5% pólio / 47,1% sarampo
2ª CRS (sede Porto Alegre): 39,0% pólio / 38,1% sarampo
3ª CRS (sede Pelotas): 50,8% pólio / 50,7% sarampo
4ª CRS (sede Santa Maria): 55,2% pólio / 54,6% sarampo
5ª CRS (sede Caxias do Sul): 55,4% pólio / 55,2% sarampo
6ª CRS (sede Passo Fundo): 58,2% pólio / 58,2% sarampo
7ª CRS (sede Bagé): 63,8% pólio / 59,6% sarampo
8ª CRS (sede Cachoeira do Sul): 60,9% pólio / 60,6% sarampo
9ª CRS (sede Cruz Alta): 58,4% pólio / 58,3% sarampo
10ª CRS (sede Alegrete): 49,1% pólio / 50,0% sarampo
11ª CRS (sede Erechim): 68,2% pólio / 68,1% sarampo
12ª CRS (sede Santo Ângelo): 64,5% pólio / 63,8% sarampo
13ª CRS (sede Santa Cruz do Sul): 54,2% pólio / 53,4% sarampo
14ª CRS (sede Santa Rosa): 67,3% pólio / 67,3% sarampo
15ª CRS (sede Palmeira das Missões): 66,4% pólio / 65,3% sarampo
16ª CRS (sede Lajeado): 56,3% pólio / 56,4% sarampo
17ª CRS (sede Ijuí): 68,2% pólio / 68,1% sarampo
18ª CRS (sede Osório): 51,0% pólio / 49,2% sarampo
19ª CRS (sede Frederico Westphalen): 70,6% pólio / 70,6% sarampo

Vacinas

As vacinas utilizadas para esta estratégia são a vacina oral da poliomielite (VOP) e a tríplice viral, que protege contra o sarampo, rubéola e caxumba. Esta também é uma oportunidade para que as crianças atualizem a vacinação de rotina.

A da pólio está disponível durante o ano todo nos postos e é indicada para crianças menores de 1 ano de idade em 3 doses: a primeira aos 2 meses, seguidas de outras duas, aos 4 e 6 meses, todas elas injetáveis. A proteção é completada com dois reforços da vacina oral, aos 15 meses e aos 4 anos.

Em relação ao sarampo, a proteção ocorre por meio da vacina tríplice viral, indicada no calendário básico quando a criança completa 1 ano. Aos 15 meses, ela é complementada com a vacina tetraviral, que protege contra as mesmas três da tríplice viral acrescida da varicela (ou catapora).

Sarampo

O sarampo não era registrado no país desde 2015. Contudo, neste ano, voltaram a ser registrados diversos casos, inclusive, tendo causado cinco mortes no Norte do país. No RS, até o momento, são 16 casos confirmados.

Pólio

Também chamada de poliomielite ou paralisia infantil, está erradicada do Brasil desde 1994, com o último caso registrado no estado em 1983. Neste modelo da campanha, a vacinação é indiscriminada, ou seja, indicada para todas as crianças dessa faixa etária, independente se estão com as doses de rotina em dia ou não e desde que não tenham sido vacinadas nos últimos 30 dias.

Tire dúvidas no site do Centro Estadual de Vigilância em Saúde: http://www.cevs.rs.gov.br/vacinacao-polio-e-sarampo.

Fonte: Rádio Alto Uruguai

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2022 ® - Todos os direitos reservados