Definidos os cinco conselheiros tutelares em Três Passos – Rádio Alto Uruguai | FM 92,5 – FM 106,1
Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

Definidos os cinco conselheiros tutelares em Três Passos

1.340 eleitores participaram da votação, número considerado baixo para o maior colégio eleitoral da região

6 de outubro de 2019
Apuração dos votos aconteceu na própria Escola Erico Verissimo (Foto: Vinicius Araujo/Rádio Alto Uruguai)

A comissão eleitoral, coordenada pelo Comdica – Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente de Três Passos, realizou a apuração dos votos da eleição para o Conselho Tutelar no município, após encerrado o prazo para votação, às 17 horas.

A votação ocorreu através de quatro urnas, concentradas no Instituto Estadual de Educação Erico Verissimo. 1.340 eleitores compareceram ao processo eleitoral, de um total de 17.429 eleitores que estavam aptos a votar, um número considerado baixo.

Os cinco candidatos mais votados e que assumirão o conselho tutelar como titulares são, pela ordem de votos: Maria Inês da Rosa Freitas; Juvelita Martins Rempel; Andréia Regina Ribeiro; Júlio Olímpio Junges; Claudio Antunes do Nascimento.

Os conselheiros suplentes, pela ordem de votação: Gilberto Rocha Mendonça; Claudia Solange de Moura; Gilceia Viana; Bruna Andressa de Abreu Wink e Edílio Rogério Pires.

Votação por candidato:

Maria Inês da Rosa Freitas – 551 votos

Juvelita Martins Rempel – 407 votos

Andréia Regina Ribeiro – 403 votos

Júlio Olímpio Junges – 401 votos

Claudio Antunes do Nascimento – 356 votos

Gilberto Rocha Mendonça – 288 votos

Claudia Solange de Moura – 275 votos

Gilceia Viana – 204 votos

Bruna Andressa de Abreu Wink – 168 votos

Edílio Rogério Pires – 162 votos

Posse será em janeiro de 2020

Os cinco conselheiros tutelares eleitos terão mandato de quatro anos, a contar de 10 de janeiro de 2020, permitida uma recondução em caso de nova eleição, na qual concorrerá em igualdade de condições com os demais candidatos. Na eleição também serão definidos os cinco conselheiros suplentes, pela ordem de votação.

Atribuições do Conselho Tutelar

Entre as várias atribuições do Conselheiro Tutelar estão: atender às crianças e adolescentes sempre que seus direitos forem ameaçados ou violados; atender e aconselhar os pais ou responsáveis, aplicando as medidas previstas em Lei; promover a execução de suas decisões, podendo, para tanto: requisitar serviços públicos no âmbito do Município, nas áreas de saúde, educação, serviço social, previdência, trabalho e segurança; representar junto à autoridade judicial nos casos de descumprimento injustificado de suas deliberações; encaminhar ao Ministério Público notícia de fato que constitua infração administrativa ou penal contra os direitos da criança e do adolescente; ou encaminhar à autoridade judiciária os casos de sua competência.

Carga horária

O conselheiro tutelar exercerá suas funções durante todo o horário de expediente do Conselho Tutelar, de segundas a sextas-feiras, no horário das 8h às 11h30min e das 13h30min às 17h30min. Ainda deverá exercer suas atividades nos horários de plantão nos dias de semana, à noite, e nos sábados, domingos e feriados, durante as 24 horas do dia, conforme escala de horários de atendimento.

Remuneração

Os cinco membros titulares do Conselho Tutelar receberão, a título de remuneração mensal, o valor de R$ 1.485,73. São assegurados aos conselheiros tutelares, ainda, os seguintes direitos: férias anuais remuneradas, com acréscimo de um terço sobre a remuneração mensal; e 13ª gratificação, a ser paga no mês de dezembro de cada ano.

Fonte: Rádio Alto Uruguai

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2018 ® - Todos os direitos reservados