Cresol promove Tarde de Campo sobre Energias Renováveis em Sede Nova – Rádio Alto Uruguai | FM 92,5 – FM 106,1
Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

Cresol promove Tarde de Campo sobre Energias Renováveis em Sede Nova

Evento ocorreu na localidade de Coxilha Alta na última terça-feira. Cooperativa destaca oportunidade especial para financiamento de projetos.

24 de abril de 2019
Evento contou com visita técnica à propriedade cujo projeto foi financiado pela Cresol. (Fotos: Divulgação/Cresol Humaitá

A Cresol Humaitá promoveu na última terça-feira, dia 23, uma Tarde de Campo sobre Energias Renováveis na localidade de Coxilha Alta, no interior de Sede Nova. O evento iniciou por volta das 14h com palestra no salão da comunidade. O palestrante foi o engenheiro agrônomo, especialista em geração distribuída, Odair José Demarco que tratou sobre a geração de energia fotovoltaica. A atividade encerrou com visita técnica à propriedade do agricultor Anderson Prediger, onde o sistema está em funcionamento e foi financiado pela cooperativa.

Conforme o diretor-presidente da Cresol, Silvano André Klassen, a Tarde de Campo teve como objetivo demonstrar a viabilidade econômica e socioambiental da tecnologia. Silvano destaca a oportunidade que se apresenta especialmente para aqueles que consomem quantidade elevada de energia elétrica. “A Cresol sempre é parceira e vem trazendo alternativas, formas sustentáveis de desenvolver as nossas pequenas comunidades e a nossa região”, comenta. Ele acrescenta que, na maioria das vezes, a própria redução na conta de energia corresponde à parcela do financiamento.

Demarco explicou que os painéis fotovoltaicos são instalados no telhado da residência. “Esta produção já compensa instantaneamente o consumo e o que sobra é enviada para a rede distribuidora”. Um contador bidirecional é instalado na casa para registrar a energia que entra e a que sai. Segundo o especialista, a redução da conta de energia pode chegar a 90% ou 95%. Isso é possível, também, porque deixam de incidir sobre a conta tributos como ICMS, PIS/COFINS e taxas de armazenagem e transporte. Conforme Demarco, o investimento na implantação do sistema fotovoltaico se paga em cinco anos. A durabilidade do sistema é de aproximadamente 30 anos e não requer manutenção.

A Cresol oferece condições especiais de financiamento. Conforme Silvano, pelo Pronaf Mais Alimentos são praticadas taxas de juro de 2,5% ao ano com 10 anos para pagamento. Para empresários, a cooperativa tem encaminhado propostas pelo Fundo Clima do BNDES, com juro de 4,3% ao ano. Além disso, há uma linha de crédito da própria cooperativa, com juro variável, e que permite o financiamento de equipamentos importados, cujo preço, em alguns casos, é mais barato que o nacional. O custo de implantação dos projetos parte de R$ 15 mil e varia de acordo com a demanda do consumidor.

 

Fonte: Rádio Alto Uruguai

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2018 ® - Todos os direitos reservados