Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

Conav/Unale se reúne com Ministério da Saúde, que revela meta de imunizar toda população até novembro

De acordo com o Ministério da Saúde, estão contratadas 100 milhões de doses da Coronavac e 110 milhões da AstraZeneca. O próximo imunizante a entrar no Programa Nacional de Imunização (PNI) é o da Pfizer/Biontech, com contrato direto de 100 milhões de doses e contrato extra por meio da Covax Facility de mais 42 milhões de doses

20 de abril de 2021
Deputada estadual Zilá Breitenbach (Foto: Assessoria de Comunicação / Divulgação)

A deputada estadual, Zilá Breitenbach (PSDB), concedeu entrevista à Rádio Alto Uruguai, na manhã de segunda-feira (19), comentando principalmente a respeito das tratativas dos governos para que seja ampliada a imunização da população contra o novo coronavírus. A parlamentar é presidente da comissão de saúde da Assembleia Legislativa.

A Comissão Nacional de Acompanhamento da Vacinação (Conav/Unale), representada pelo presidente da Pasta, Rodrigo Delmasso (Republicanos-DF) e pelos demais membros da comissão, deputados Lídio Lopes (Patriotas-MS), Goretti Reis (PSD-SE), Ângelo Almeida (PSB-BA) e Zilá Breitenbach (PSDB-RS), participaram na última semana de reunião com a Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, representado pelo diretor do Departamento de Imunização e Doenças Transmissíveis (DEIDT), Lauricio Cruz.

O ponto-chave da reunião virtual foi o cronograma de distribuição de vacinas e os contratos firmados com o Butantan e demais farmacêuticas. Em sua fala, Delmasso revelou o interesse de “criar uma linha direta com o ministério da Saúde para a disponibilização de dados e avanços na vacinação”.

E foi isso o que realmente aconteceu, uma das informações cruciais do órgão foi a expectativa de vacinar toda a população até novembro, caso todos os prazos e contratos sejam confirmados e os entraves técnicos resolvidos. “Hoje, temos contratos de compra firmados para entrega de seis imunizantes, mas quatro ainda não estão fornecendo por questões regulatórias ou de prazo”, pontuou Lauricio Cruz.

De acordo com o representante do Ministério da Saúde, estão contratadas 100 milhões de doses da Coronavac e 110 milhões da AstraZeneca, já aprovadas pela Anvisa e em distribuição no país. O próximo imunizante a entrar no Programa Nacional de Imunização (PNI) é o da Pfizer/Biontech, com contrato direto de 100 milhões de doses e contrato extra por meio da Covax Facility de mais 42 milhões de doses.

Essas mais de 350 milhões de doses contadas, devem ser entregues conforme planejamento e contrato, nos próximos meses. O que vai aumentar a quantidade de distribuição e, à medida que as doses vão chegando, os dados quantitativos de distribuição para cada estado podem ser atualizados.

“O Butantan tem sido o maior fornecedor do PNI, sendo que o cronograma da Coronavac conta com a distribuição de mais de 20 milhões de doses por mês. Haverá uma queda para 12 milhões em abril por conta de atrasos de insumos, mas retornando a essa média no mês seguinte. Já o contrato com a Fiocruz garantirá a entrega de mais 18 milhões de imunizantes este mês”, informou o diretor.

Outro ponto aguardado pelo Ministério, para ampliação da distribuição e vacinação em massa é a chegada dos imunizantes da Covaxin, Sputnik V e Janssen, com contratos de compra de 20 milhões, 10 milhões e 38 milhões de doses, respectivamente. Os três imunizantes precisam atualizar seus processos para aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Fonte: Rádio Alto Uruguai

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2021 ® - Todos os direitos reservados