Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

Caso Bernardo: Defesa pedirá prisão domiciliar para madrasta

3 de abril de 2018

De acordo com informações divulgadas pelo site GaúchaZH, o advogado de defesa de Graciele Ugulini, madrasta do menino Bernardo, deverá ingressar na próxima semana com pedido de prisão domiciliar. Vanderlei Pompeo de Mattos deverá protocolar o pedido no Foro da comarca de Três Passos, onde tramita a questão, na segunda-feira, dia 5.

 

A alegação da defesa para o deferimento da medida seria o cumprimento de uma recente decisão da segunda turma do STF (Supremo Tribunal Federal) que concedeu prisão domiciliar coletiva para mulheres presas, que estão grávidas ou sejam mães de crianças com até 12 anos de idade. Graciele tem uma filha, hoje com cinco anos de idade, fruto do relacionamento com o médico, Leandro Boldrini.

 

O Ministério Público (MP) entende que não cabe a medida, porque Graciele perdeu judicialmente a guarda da filha, que está com uma irmã dela. O sub-procurador-geral de justiça para Assuntos Institucionais do MP, Marcelo Dornelles, diz que a instituição é absolutamente contrária à essa medida. “Não pode essa decisão (do STF) que é para facilitar a vida das mães ser praticada em casos onde a mãe agiu contra uma criança. Evidentemente que não pode ser concedida a prisão domiciliar”, afirmou ele.

 

Além de Graciele, estão presos o médico Leandro Boldrini, pai de Bernardo, e os irmãos Edelvânia e Evandro Wirganovicz. O processo está na fase de apresentação do rol de testemunhas pelas partes e pedido de diligências finais. Depois, será marcado o julgamento pelo Tribunal do Júri.

 

Rádio Alto Uruguai – com informações do site GaúchaZH / Foto: Arquivo (Rádio Alto Uruguai)

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2020 ® - Todos os direitos reservados