Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

Brigada Militar registra tentativa de estelionato pelo WhatsApp em Sede Nova

Casos semelhantes estão sendo registrados nos últimos dias na região. Confira dicas de como evitar cair nesse tipo de golpe

24 de março de 2021

A Brigada Militar registrou um caso de tentativa de estelionato pelo WhatsApp em Sede Nova. Conforme o boletim de ocorrência, registrado por volta das 9h30 desta terça-feira (23), a vítima relatou que pelo menos três familiares receberam uma mensagem via WhatsApp, sem foto de perfil, de alguém se passando por ela.

O golpista alegou, na mensagem, que havia trocado o número do telefone e que, ao efetuar um pagamento, errou a senha quatro vezes e que precisava que os familiares depositassem em sua conta a quantia de R$ 4,9 mil. Como os familiares desconfiaram se tratar de um golpe, não repassaram número de conta alguma e ninguém fez o depósito.

Casos semelhantes envolvendo tentativa de estelionato pelo WhatsApp estão sendo registrados nos últimos dias na região. Há situações em que os golpistas conseguem clonar a conta de WhatsApp da vítima e passam a pedir dinheiro para pessoas de sua lista de contatos.

Confira dicas para não cair em golpes:

– Não acredite em desconhecidos que lhe abordam na rua ou por telefone. Não acesse links na internet dos quais não tenha segurança. Desconfie;

– Golpistas, em geral, oferecem alguma vantagem para atrair a vítima e têm pressa para obter a vantagem. Fique atento a isso;

– Converse com familiares, amigos ou mesmo gerente de banco se tiver desconfiança;

– Estelionatários tentam criar meios de impedir que a vítima busque orientação, como mantê-la ao telefone, para que não seja alertada;

– Não faça depósitos bancários e nem recargas de celulares para quem não conhece;

– No caso dos leilões, verifique se os leiloeiros estão cadastrados junto ao Judiciário. As contas para depósito em leilões oficiais não são de pessoa física ou jurídica e, sim, judiciais;

– No WhatsApp, habilite a verificação em duas etapas e não forneça esse tipo de código por telefone. Mas, caso já tenha sido vítima, tente rapidamente deletar o aplicativo, baixar e registrar novamente. Caso isso não funcione, se o PIN for solicitado, insira o número errado até que o app seja bloqueado temporariamente. Avise seus contatos, por meio das redes sociais ou pessoalmente, sobre o risco de alguém pedir dinheiro em seu nome. Comunique a clonagem por e-mail ao WhatsApp ([email protected]) para que a conta seja bloqueada;

– Caso seja contatado por alguém próximo, dizendo que mudou de WhatsApp, ligue para o número que já tinha da pessoa e confirme isso;

– Em aluguéis de imóveis, desconfie de preços abaixo do mercado, se o dono exigir adiantamento e tiver pressa para que o depósito seja feito ou mesmo se o proprietário não aceitar atender a ligações ou se recusar a receber visita do locatário, para conferir a casa;

– Se receber contato por telefonema ou mensagem de familiar pedindo ajuda, certifique-se de que é real. Converse com outros parentes antes de fazer qualquer depósito;

– Se estiver vendendo algo, não entregue o bem antes de ter certeza de que recebeu o valor do pagamento. Depósitos só são confirmados pelo banco após a conferência do envelope. Então, aguarde para enviar a mercadoria;

– Se tiver um familiar ou conhecido idoso, oriente a pessoa sobre os golpes mais comuns e como se prevenir deles;

– Se for vítima, chame a Brigada Militar ou vá até a Polícia Civil. Tente repassar aos policiais o máximo de informações sobre os golpistas.

Fonte: Rádio Alto Uruguai - Com informações da Polícia Civil-RS

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2021 ® - Todos os direitos reservados