Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

Brasileira que mora na Itália relata como está a pandemia no país europeu

A jovem Daniela Welter, natural de Itapiranga-SC, atualmente reside na cidade italiana de Fiuggi.

15 de abril de 2020
Polícia realiza fiscalização de motoristas na cidade italiana de Fiuggi. (Fotos: Arquivo Pessoal)

A brasileira Daniela Welter, natural de Itapiranga-SC, compartilhou com a reportagem da Rádio Alto Uruguai a sua experiência de viver atualmente na Itália, um dos países mais afetados pela pandemia da Covid-19. Ela, juntamente com o companheiro Lucas Scalon, mora na cidade de Fiuggi, região central do país. A maior parte dos casos registrados na Itália se concentra na região Norte, entretanto, todas as regiões foram afetadas. Medidas de isolamento social foram impostas a todos os moradores do país a fim de tentar conter a disseminação do vírus.

Escolas, universidades e eventos religiosos estão suspensos, assim como o funcionamento de bares e restaurantes. Basicamente permaneciam atendendo ao público, pelo menos até a semana passada, apenas mercados e farmácias. Conforme Daniela, os moradores que desrespeitam as regras do isolamento acabam multados pela polícia. Apenas é permitida a circulação de pessoas que possuem autorização que comprove a necessidade de sair para trabalhar. Daniela também destacou os gestos de solidariedade que surgem neste momento delicado e servem de conforto aos que mais precisam.

Confira o relato em áudio da jovem catarinense enviado no domingo, dia 5 de abril:

Daniela e seu companheiro Lucas. (Fotos: Arquivo Pessoal)

Mercados adotaram medidas preventivas na cidade. (Fotos: Arquivo Pessoal)

Número diário de mortes por coronavírus na Itália volta a subir

As mortes pela epidemia de Covid-19 na Itália subiram em 602 nesta terça-feira (14), ante alta de 566 no dia anterior, marcando um segundo aumento diário consecutivo, mas as novas infecções diminuíram para 2.972, ante 3.153, registrando o menor número diário desde 13 de março.

O número total de mortos desde o surgimento do surto no país, em 21 de fevereiro, chegou a 21.067, informou a Agência de Proteção Civil, o segundo maior índice no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos. O número de casos oficialmente confirmados subiu para 162.488, a terceira maior contagem global atrás dos Estados Unidos e da Espanha.

Havia 3.186 pessoas em terapia intensiva nesta terça-feira (14), contra 3.260 na segunda-feira — o 11º declínio diário consecutivo. Dos infectados originalmente, 37.130 foram declarados recuperados, contra 35.435 no dia anterior.

*Com informações do Portal Uol

Ruas antes bastante movimentadas, agora praticamente vazias e fiscalizadas pela polícia. (Fotos: Arquivo Pessoal)

Itália inicia reabertura parcial do comércio

A Itália começou nesta terça-feira (14) uma fase inicial de reabertura, liberando parcialmente algumas atividades paralisadas pela pandemia do novo coronavírus. Livrarias, papelarias e lojas de roupas para bebês e crianças poderão reabrir, exceto em Emilia-Romana e nas províncias de Piacenza e Rimini. Já nas regiões de Lombardia e Piemonte, apenas as lojas de roupas infantis poderão funcionar. A Itália também passará a permitir que estrangeiros possam ingressar no país – exclusivamente a trabalho – por um período de até três dias, que pode ser prorrogado por mais dois.

Outras atividades liberadas a partir desta terça – desde que se respeitem rigorosas regras de higiene e distanciamento físico – são relacionadas à produção industrial e incluem fabricação de computadores, cuidados e manutenção da paisagem, obras hidráulicas e vendas por atacado de papel e papelão. Também nestes setores há exceções para algumas regiões do país.

*Com informações do Portal Uol

Fonte: Rádio Alto Uruguai

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2020 ® - Todos os direitos reservados