Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

Audiência aborda falta de acessos asfálticos no RS

Reunião virtual com a participação de deputados e representantes do governo estadual tratou da situação das obras de ligação a municípios

23 de abril de 2021

A recuperação dos 10,3 mil quilômetros de rodovias gaúchas e a implementação de acessos asfálticos foram temas da audiência pública conjunta promovida pelas comissões de Agricultura, Pecuária, Pesca e Cooperativismo e de Economia, Desenvolvimento Sustentável e do Turismo. O evento virtual ocorreu nesta quinta-feira (22).

O deputado estadual Adolfo Brito (PP), que preside a Comissão de Agricultura, reforçou a importância da malha rodoviária gaúcha para o escoamento da produção agrícola e de outros itens relevantes à economia do Estado e do país. O deputado Zé Nunes (PT), presidente da Comissão de Enconomia, defendeu a retomada das obras asfálticas e mais investimentos no setor.

O secretário de Logística e Transportes, Juvir Costella, explicou que o governo atual recebeu demanda de 62 anos a municípios sem asfalto ou com obras paradas, sendo que 11 já foram concluídos, oito estão em andamento ou em fase de término e seis serão iniciados em 2022. Além disso, 37 devem ser construídos pela próxima administração estadual.

Costella enfatizou que está em desenvolvimento um planejamento de reforma de rodovias e acessos asfálticos para os municípios. “Para concluir todos os acessos, precisamos de cerca de R$ 800 milhões. Somente para a ligação asfáltica para Garruchos, com 62 quilômetros, são necessários R$ 100 milhões”.

O diretor-geral do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), Luciano Faustino, destacou que o Rio Grande do Sul tem falta de orçamento para atender às solicitações de asfaltamento e restauração das estradas de chão.

Já o deputado federal Alceu Moreira (MDB) sugeriu que o governo estadual e a bancada federal gaúcha apresentem uma emenda de R$ 60 milhões ao orçamento da União para a construção de acessos asfálticos.

Na região Celeiro: Sede Nova, São Valério do Sul e Braga estão na lista dos municípios sem acesso asfáltico. Braga voltou à lista porque a ponte da ERS-518, sobre o Rio Turvo, está inacabada, por isso o acesso não pode ser considerado como concluído. O Daer acolheu a solicitação e incluiu Braga na lista.

Fonte: Correio do Povo

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2021 ® - Todos os direitos reservados