Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

Associação dos Municípios das Missões recomenda toque de recolher em cidades da região

Durante assembleia virtual, municípios filiados definiram ampliação das ações de prevenção à Covid-19

18 de junho de 2020

Os prefeitos das cidades que integram a Associação dos Municípios das Missões (AMM) se reuniram nesta quarta-feira (17) por meio de assembleia geral extraordinária virtual. Ficou definido, além da manutenção das regras dos atuais decretos de calamidade, também a ampliação das ações de prevenção à Covid-19 que poderão ser adotadas por todos os entes municipais da região. As medidas terão validade de 14 dias a partir da edição dos respectivos decretos municipais.

Uma das principais medidas recomendadas é a restrição de circulação de pessoas no horário das 22h às 5h, exceto aos que necessitem, justificadamente, realizar o deslocamento pela cidade neste horário. Ou seja, orienta-se a adoção de toque de recolher nos municípios missioneiros neste horário, o que deve ser regulamentado por meio de decretos municipais.

Também é orientada a proibição de qualquer tipo de aglomeração, além do cancelamento de atividades religiosas e de cultos em templos ou igrejas, bem como outros locais que seja motivação para reunir pessoas em grupos, mesmo que de pequenas concentrações.

Região irá fazer estudo para propor mudanças no modelo de distanciamento controlado

A associação orienta que seja feita a atualização permanente, em tempo real, dos dados que são encaminhados ao Comitê Estadual de Crise. Serão realizados ainda estudos e interpretações do modelo de distanciamento controlado do Estado para propor alterações especialmente quando à definição de microrregiões, reduzindo a incidência de problemas pontuais ocasionados em outras áreas que acabam afetando as Missões, estabelecendo um novo formato para a realização dos cálculos das bandeiras.

Conforme nota da AMM, a alteração do modelo se faz necessária e urgente, pois se mantido o raciocínio do plano estadual, com a chegada do inverno e a natural lotação das UTIs para todos os demais tipos de doenças, especialmente respiratórias, mas que não tenham qualquer relação com a Covid-19, a região poderá migrar para a bandeira vermelha ou preta, determinando assim o fechamento completo de todas as atividades, mesmo não havendo uma só internação pelo vírus no período.

Ainda de acordo com a associação, as mudanças quase que semanais na situação geram instabilidade coletiva, conflitos internos, falta de justa causa e dificuldade de entendimento por parte da comunidade que vem buscando ajustar-se à imposição de severas restrições no seu cotidiano. A Associação dos Municípios das Missões defende que o modelo criado pelo Estado seja revisto, pois ainda não houve uma discussão acerca de suas previsões, nem como ele ocorre na prática.

Confira a nota na íntegra emitida pela AMM:

NOTA DA AMM SOBRE AS MEDIDAS DE ENFRENTAMENTO À PANDEMIAOs Municípios que compõe a AMM – Associação dos Municípios das…

Posted by AMM – Associação dos Municípios das Missões on Wednesday, June 17, 2020

Fonte: Rádio Alto Uruguai

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2020 ® - Todos os direitos reservados