Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

Após discussão sobre áudio, júri do Caso Rafael é cancelado em Planalto

Ainda não há data para a retomada dos trabalhos. Alexandra Dougokenski, 34 anos, responde pelo assassinato do filho Rafael Mateus Winques, 11 anos, em 2020

21 de março de 2022
Juíza, Marilene Campagna, recusou um pedido dos advogados da ré, que acabaram deixando o plenário, e cancelou o julgamento (Foto: Reprodução)

A primeira sessão do júri de Alexandra Dougokenski, 34 anos, acusada de matar o filho Rafael Mateus Winques, 11 anos, foi encerrada nesta segunda-feira (21) após pouco mais de 10 minutos de duração. A juíza Marilene Campagna recusou um pedido dos advogados da ré, que acabaram deixando o plenário, e cancelou o julgamento.

A defesa de Alexandra levantou questão de ordem mencionando um suposto áudio de Rafael que teria sido enviado ao pai dele (ouça abaixo). Os advogados pediam a perícia do material, o que foi recusado pela magistrada.

Segundo a defesa, o áudio teria sido enviado um dia após a data que o Ministério Público (MP) menciona como sendo a da morte da criança — 14 de maio de 2020. O MP, no entanto, diz que o pedido é uma estratégia, que os advogados tinham acesso ao material desde o início do processo e que não há motivo para anular o júri.

Defesa e acusação protagonizaram um bate-boca em plenário (assista ao vídeo acima), e a banca de advogados de Alexandra deixou o local. Foi então que a juíza declarou encerrada a sessão e o júri cancelado.

Ainda não há data para a retomada dos trabalhos. O Tribunal de Justiça do RS ainda não se manifestou oficialmente sobre os fatos desta manhã.

Fonte: GaúchaZH

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2022 ® - Todos os direitos reservados