Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

Alerta em Três Passos: Quatro casos de zika vírus são descartados e um aguarda nova coleta no município

Informações são do boletim epidemiológico divulgado pela Prefeitura de Três Passos nesta quinta-feira

19 de março de 2020
Mosquito Aedes aegypti é o transmissor do vírus zika e de outras doenças, como dengue, febre amarela e chikungunya (Foto: Arquivo)

O mais novo boletim epidemiológico divulgado pela prefeitura de Três Passos, nesta quinta-feira (19), apresentou pela primeira vez números referentes ao vírus zika, transmitido por picadas do mosquito Aedes agypti.

De acordo com o boletim, o município teve quatro casos não reagentes, ou seja, que são considerado negativados, e um caso que passará por nova coleta.

Este é um dado que serve para aumentar ainda mais a atenção da comunidade, especialmente no sentido de combater e evitar a proliferação de focos do mosquito transmissor, ou seja, locais com água parada.

Saiba mais sobre a doença

A doença pelo vírus Zika apresenta risco superior a outras arboviroses, como dengue, febre amarela e chikungunya, para o desenvolvimento de complicações neurológicas, como encefalites, Síndrome de Guillain Barré e outras doenças neurológicas. Uma das principais complicações é a microcefalia. A doença inicia com manchas vermelhas em todo o corpo, olho vermelho, pode causar febre baixa, dores pelo corpo e nas juntas, também de pequena intensidade.

O transmissor (vetor) do Zika vírus é o mosquito Aedes aegypti, que precisa de água parada para proliferar, portanto, o período do ano com maior transmissão são os meses mais chuvosos de cada região, épocas quentes e úmidas. No entanto, o cuidado com a higene e a conscietização de não deixar água parada em nenhum dia do ano são fundamentais, tendo em vista que os ovos do mosquito podem sobreviver por um ano até encontrar as condições propícias para desenvolvimento.

O mosquito Aedes aegypti é o mesmo mosquito que transmite a dengue, a chikungunya e a febre amarela.

Como ocorre a transmissão do Zika Vírus?

Existem três formas principais de transmissão do Zika Vírus:

Transmissão pela picada do mosquito Aedes Aegypti.
Transmissão sexual.
Transmissão de mãe para o feto durante a gravidez
No caso do feto ser infectado durante a gestação, este pode desenvolver lesões cerebrais irreversíveis e ter comprometida, definitivamente, toda a sua estrutura em formação. As doenças neurológicas, especialmente nas crianças com a doença congênita (infectados no útero materno), têm sequelas de intensidade variável, conforme cada caso.

O comprometimento nesses casos é tão importante que algumas crianças, ao nascerem, têm microcefalia, uma deformação dos ossos do cabeça, sinal do não crescimento adequado do encéfalo (cérebro).

Não há evidências de transmissão do vírus Zika por meio do leite materno, assim como por urina e saliva.

Quais são os sintomas do Zika Vírus?

Os sintomas mais comuns associados ao vírus Zika são:

“Vermelhão” em todo o corpo com muita “coceira” depois de alguns dias.
Febre baixa, muitas vezes não sentida.
Conjuntivite (olho vermelho) sem secreção.
Mialgia e dor de cabeça.
Dor nas juntas.
Todos os sintomas são de intensidade de leve a moderada.

Fonte: Rádio Alto Uruguai

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2020 ® - Todos os direitos reservados