Contato Whatsapp:
Contato Whatsapp:
Clima

Humaitá-RS

Clima

São Martinho-RS

Clima

Três Passos-RS

Clima

Crissiumal-RS

Agert apoia movimento em favor da vacina da Covid-19 no RS

Sistema Alto Uruguai de Comunicação integra a Agert e também presta seu apoio à iniciativa

11 de março de 2021
Movimento ganha força em todo o Brasil (Foto: Reprodução)

A Associação Gaúcha de Emissoras de Rádio e Televisão (Agert) manifestou apoio ao movimento “Unidos pela Vacina”, que ganha uma vertente no Rio Grande do Sul. A iniciativa, referente à imunização contra a Covid-19, ainda conta com participação local de diversas lideranças empresariais, como Nelson Sirotsky e Claudio Toigo Filho, do Grupo RBS. A proposta é auxiliar o poder público no processo de vacinação. O Sistema Alto Uruguai de Comunicação (Rádio 92,5 FM e Rádio 106,1 FM) também presta seu apoio à iniciativa.

A ideia é do Grupo Mulheres do Brasil, presidido por Luiza Trajano, do Magazine Luiza. No caso da comunicação do Estado, o intuito é ampliar o conhecimento da população. “Garantir informação confiável para esclarecer a população e permitir que cada cidadão tome consciência da relevância de se vacinar, para ele e para a sociedade, está no cerne da nossa atividade”, destacou o presidente da Agert e do Sindicato das Empresas de Rádio e TV do RS (Sindirádio), Roberto Cervo Melão.

O percentual de vacinados com as duas doses no Brasil ainda é pouco mais de 1%. Para o atual presidente do Grupo RBS, Claudio Toigo Filho, é claro que enquanto não houver vacinação em massa, seguirão ocorrendo “mortes evitáveis, aumento da pobreza e todas as suas consequências, e o adoecimento emocional”. Ele ainda destaca: “Como sociedade, é nosso papel contribuir com atitudes individuais e coletivas para frear o avanço do vírus e acelerar a recuperação”.

No Rio Grande do Sul, também foram convidadas a apoiar o projeto apartidário e sem fins comerciais a Federação das Associações de Municípios do RS (Famurs) e o Instituto Cultural Floresta (ICF). Além de voluntários locais do Mulheres do Brasil, o início das atividades contou com participação de representantes destas entidades e do empresariado.

O foco principal é identificar gargalos que possam atrasar a vacinação em todo o País. No Estado, o “Unidos pela Vacina” pretende, inicialmente, mobilizar prefeitos e secretários de Saúde para traçar um diagnóstico das dificuldades na vacinação, a partir de uma pesquisa. O grupo ainda desenvolveu uma plataforma para conectar a iniciativa privada com o poder público. Interessados em participar podem conferir os detalhes clicando aqui.

Fonte: Rádio Alto Uruguai

A melhor programaçãoonline

Selecione a rádio
Copyright 2022 ® - Todos os direitos reservados